SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Bando de jacarés é flagrado sendo alimentado no Porto de Santos e vídeo viraliza

Bando de jacarés é flagrado sendo alimentado no Porto de Santos e vídeo viraliza


Fonte: G1 (18 de agosto de 2020 )
Foto de jacaré foi tirada por moradora na tarde desta segunda-feira (17), em Santos, SP — Foto: Nicce Fidelis/Arquivo Pessoal

 

Um vídeo feito por um funcionário de um terminal do Porto de Santos, no litoral paulista, em que ele alimenta um grupo de jacarés, chamou a atenção de internautas e viralizou nas redes sociais. As imagens, obtidas pelo G1 nesta terça-feira (18), mostram um homem jogando pedaços de pão em um trecho de manguezal, na região portuária, e três animais se aproximando para comer.

 

A gravação foi feita por um homem que diz trabalhar em um terminal portuário de Santos. Durante a filmagem, ele conversa com a filha, mostrando os animais e dizendo que ela ficaria impressionada. “Olha o tamanho do bicho, filha, tem um monte. Olha quantos estão vindo para comer o pão”, fala em um trecho.

 

Os animais se aproximam do rapaz que grava e, depois de comerem o pão deixado pelo funcionário, voltam para a água.

 

Apesar de não citar o local exato onde a filmagem foi feita, moradores reconheceram o trecho da gravação. Um casal, dono de um food truck que funciona na região portuária, afirma que o vídeo foi feito em frente a uma área conhecida como “lagoa do jacaré”. A moradora Nicce Fidelis conta que, neste local, aparecem dezenas de jacarés, especialmente em dias mais quentes.

 

O G1 procurou a BTP – Brasil Terminal Portuário, empresa citada pelo funcionário na gravação. Em nota, a empresa afirma que, neste fim de semana, circulou um vídeo nas redes sociais que mostra a aparição de alguns jacarés próximo à BTP, sendo alimentados por uma pessoa. A empresa informa que o local indicado não faz parte do manguezal contíguo ao terminal.

 

Contudo, a BTP esclarece que, em respeito ao meio ambiente e aos comportamentos observados no entorno, esta é uma área próxima às instalações da empresa. A BTP reforça sobre o perigo de se alimentar animais silvestres, pois, além de ser um comportamento de risco devido à possibilidade de ataque desses animais, influencia diretamente na manutenção natural dos ecossistemas.

 

Ainda por nota, a empresa reforça que tem mostrado que é possível operar um terminal de alta performance com segurança das pessoas e respeito ao meio ambiente, e que investe em diversos programas ambientais para gestão, monitoramento, auditoria e controle do meio biótico, antrópico e físico da região onde se situa.

 

A BTP ainda enfatiza que atos de maus-tratos a animais estão previstos na Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98, e que, ao encontrar algum animal nas áreas urbanas em situações de risco, a Polícia Ambiental pode ser acionada.


Mais lidas


  Na última sexta-feira (08) o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) recebeu, na sua sede, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Mario Povia.   Essa foi à primeira visita do secretário a entidade desde que assumiu a pasta, em maio deste ano, e […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais