SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Região da Ucrânia controlada pela Rússia pretende vender grãos ao Oriente Médio, diz TASS

Região da Ucrânia controlada pela Rússia pretende vender grãos ao Oriente Médio, diz TASS


Fonte: Money Times (5 de julho de 2022 )
A guerra interrompeu as exportações de grãos da Ucrânia através do Mar Negro. (Imagem: REUTERS/Jorge Adorno)

 

Autoridades russas instaladas na região sudeste de Zaporizhzhia, na Ucrânia, que está parcialmente sob controle russo, disseram nesta terça-feira que conseguiram um acordo para vender grãos no exterior, principalmente para o Oriente Médio, segundo a agência de notícias estatal russa TASS.

 

A Ucrânia acusou a Rússia, o maior exportador de trigo do mundo, de roubar grãos de territórios tomados pelo exército russo. Moscou nega a acusação. A guerra interrompeu as exportações de grãos da Ucrânia através do Mar Negro.

 

A TASS citou Yevgeny Balitsky, chefe da administração russa instalada na região de Zaporizhzhia, dizendo que os acordos planejados incluem vendas para o Iraque, Irã e Arábia Saudita.

 

Ele disse que havia um contrato para fornecer 150.000 toneladas de grãos ao Irã, acrescentando que comerciantes agrícolas russos e empresas estatais estavam comprando grãos de agricultores da região.

 

A Reuters não pôde verificar esta afirmação.

 

“Os preços não estão ruins no momento”, disse Balitsky à TASS.

 

“Um agricultor ganha cerca de 200 dólares por tonelada de grão, o que é ótimo, porque seu custo de produção é de cerca de 120 dólares, mesmo levando em conta o longo tempo de armazenamento”, disse.

 

A região receberá 300 vagões para acelerar o fornecimento de grãos da Rússia nesta semana, além de entregas por caminhões, disse Balitsky.

 

“A ferrovia ainda não está operando em volumes muito grandes, só tínhamos 11 vagões até recentemente”, disse ele, acrescentando que o processo nos postos de controle da Crimeia foi simplificado.


Mais lidas


Conheça um pouco sobre a trajetória e o trabalho exercido pelos advogados de nossas associadas - Vivian Carvalho, gerente jurídico e compliance da Brasil Terminal Portuário e Leandro Fernandes, gerente jurídico do Terminal 12A. Pelo SOPESP, nossa Relações Institucionais, Marcelli Mello e nossa Assessora Jurídica, Gislaine Heredia.

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais