SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   BTP defende direito de participação em leilão de terminal STS-10 no Porto de Santos

BTP defende direito de participação em leilão de terminal STS-10 no Porto de Santos


Fonte: Money Times (1 de julho de 2022 )
A BTP Santos afirmou que desde o início de suas operações em 2013, o Porto de Santos “tem alcançado elevados índices de produtividade, de eficiência e recordes de movimentação de carga conteinerizada” (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

 

A BTP Santos, joint-venture de movimentação de contêineres controlada por Maersk e MSC, defendeu nesta quinta-feira direito de participar do leilão do terminal STS-10, no Porto de Santos, previsto para o final deste ano.

 

Na véspera, a Superintendência-Geral do Cade publicou uma nota técnica que identificou eventuais problemas de concentração de mercado no leilão que pode reforçar a participação de mercado dos dois grupos internacionais no porto.

 

“A BTP compartilha a defesa da liberdade de iniciativa em empreender como pilar de políticas públicas para atração de investimentos e aumento de competitividade do Brasil frente ao mercado mundial de movimentação de cargas”, afirmou a companhia em comunicado à Reuters.

 

Segundo a nota técnica, caso a BTP Santos vença o leilão, sua capacidade de movimentação passará de 2 milhões para 4,32 milhões de TEUs por ano, “permitindo que suas acionistas, Maersk e MSC, possam ampliar a movimentação de suas cargas em terminal próprio, o que atualmente não é integralmente possível em razão da falta de capacidade ociosa do (terminal) BTP Santos”.

 

A presença de armadores, empresas que atuam no transporte de contêineres, em leilões como o do STS-10 é rechaçada pela Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP), que sustenta que isso poderá elevar o valor dos fretes, em um momento em que o preço dos combustíveis tem impulsionado a inflação no país.

 

A BTP Santos afirmou que desde o início de suas operações em 2013, o Porto de Santos “tem alcançado elevados índices de produtividade, de eficiência e recordes de movimentação de carga conteinerizada”.

 

“A BTP avalia como positivos novos investimentos em infraestrutura portuária, já previstos no STS-10, para possibilitar o aumento de capacidade no maior Porto da América Latina, que já está próximo do seu limite de movimentação de contêineres.”

 

O governo federal planeja o leilão do STS-10 para o quarto trimestre deste ano e o edital tem expectativa de ser publicado no terceiro trimestre. O empreendimento tem previsão de investimento de 3,28 bilhões de reais, segundo dados do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).


Mais lidas


  Na última sexta-feira (08) o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) recebeu, na sua sede, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Mario Povia.   Essa foi à primeira visita do secretário a entidade desde que assumiu a pasta, em maio deste ano, e […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais