SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Setor portuário contribui com mais da metade da arrecadação do ISS de Paranaguá e Antonina

Setor portuário contribui com mais da metade da arrecadação do ISS de Paranaguá e Antonina


Fonte: Informativo dos Portos (6 de maio de 2022 )

O setor portuário é fundamental para o orçamento de prefeituras no Litoral do Paraná. Em Paranaguá, 15% de tudo que é arrecadado pelo município vem de empresas que atuam no porto. Em 2021, 56% dos valores pagos em Imposto Sobre Serviços (ISS) vieram da atividade. Em Antonina, a participação chegou a 59%.

 

“Os portos são grandes indutores do desenvolvimento. O dinheiro gerado no pagamento do imposto deve ser aplicado, pelas prefeituras, nas despesas do município, serviços e melhorias para o cidadão”, afirma o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

 

A destinação dos recursos do ISS é determinada pela Constituição Federal, sendo 60% de forma livre, como a folha salarial de servidores e investimentos em obras, enquanto 25% são destinados à educação e 15% à saúde.

 

PARANAGUÁ – A arrecadação da Prefeitura de Paranaguá chegou a R$ 667 milhões em 2021, de acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda. Deste total, R$ 96,5 milhões foram pagos por empresas diretamente ligadas ao porto.

 

Segundo o secretário Maurício Coutinho, a arrecadação deu suporte no combate à pandemia. “Os valores foram fundamentais para as questões ligadas ao enfrentamento do coronavírus e o município conseguiu aplicar 21,86% da arrecadação na área de saúde”, diz. “Os recursos livres advindos do ISS também deram suporte a inúmeros investimentos de infraestrutura e pavimentação”.

 

Além dos impostos, os portos movimentam a economia local com emprego e renda. Dados do Ministério do Trabalho apontam que a atividade portuária é a maior geradora de empregos na cidade e, todos os meses, injeta R$ 33 milhões em salários.

 

“As diversas atividades integradas, necessárias ao complexo portuário, geram um grande impulso na economia e refletem no comércio, indústria, serviços, impulsionando um ciclo positivo que contribui para o desenvolvimento da cidade”, explica o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá, Eloir Martins.

 

ANTONINA – Em Antonina, a participação do setor portuário na arrecadação municipal é ainda maior. De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças, no último ano a prefeitura arrecadou R$ 7,6 milhões em ISS – só o setor portuário respondeu por R$ 4,5 milhões. O imposto representa cerca de 6% da arrecadação total do município, em torno de R$ 76 milhões.

 

Para o prefeito José Paulo Vieira Azim, o porto tem impacto direto na vida de quem mora na cidade. “A atividade gera centenas de empregos diretos e indiretos, trazendo renda para muitas famílias, que realizam suas compras no comércio. Além disso, com os valores do ISS são pagas muitas das despesas correntes do município”, destaca.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais