SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   APDL e Câmara estudam ferrovia no porto de Viana

APDL e Câmara estudam ferrovia no porto de Viana


Fonte: Transportes e Negócios (6 de abril de 2022 )
Foto: T&N

 

O protocolo a estabelecer entre a autarquia e a administração do porto de Viana do Castelo, prevê que o custo do estudo, fixado num máximo de 40 mil euros (+IVA), seja dividido entre as duas entidades, e estipula a sua elaboração num prazo de seis meses.

 

Até porque, como justificou o presidente da edilidade na reunião do Executivo camarário que votou, e aprovou, a realização do protocolo com a APDL, “se chegarmos à conclusão que representa um grande investimento, se não for identificado até ao final desde ano, dificilmente será enquadrado no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e também perdemos o barco do programa Portugal 2030”.

 

“A Agenda do Mar 2030 identificou a necessidade de realizar um estudo prévio que explore as possibilidades de conexão ferroviária entre o porto de Viana do Castelo e um porto seco, num raio de distância a rondar os 10 quilômetros, num contexto que gerará maior otimização dos grandes investimentos em Viana do Castelo”, recorda a proposta colocada à votação por Luís Nobre.

 

“Nas oportunidades identificadas incluem-se, eventualmente, elementos-chave das cadeias logísticas e de transporte, tais como acessibilidades ferroviárias, porto seco, polo logístico intermodal, promoção da transição energética rumo à neutralidade carbónica, entreposto aduaneiro, capacidade de acolhimento de carga contentorizada e carga ro-ro”, acrescenta-se no texto”.

 

“A articulação do porto com a ferrovia foi sempre um ponto muito discutido. Há quem a defenda, há quem seja contra. Uma coisa é certa. Hoje, definir-se a estratégia de um porto entronca com dinâmicas que, no passado, não existiam. Nomeadamente a lógica intermodal. É uma realidade que é preciso aprofundar e é isso que se pretende com este estudo, partilhando os seus custos”, destacou Luís Nobre.

 

Esta parceria entre a autarquia vianense e a administração portuária não é inédita. Já a construção do acesso rodoviário ao porto de mar, um investimento de 9,5 milhões de euros, foi suportada pelas duas entidades.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais