SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Para a Bunge, pessoas são essenciais para o sucesso da Indústria 4.0

Para a Bunge, pessoas são essenciais para o sucesso da Indústria 4.0


Fonte: ANPEI (28 de março de 2022 )
Imagem: Divulgação / ANPEI

A empresa global de agronegócios, alimentos e ingredientes Bunge é a mais nova afiliada da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI). A companhia, que possui diversas iniciativas de aplicação de tecnologias habilitadoras da indústria 4.0, acredita no envolvimento e capacitação de pessoal como chaves de sucesso para a inovação na indústria.

 

“Temos uma experiência muito positiva com projetos nos quais envolvemos o time fabril da companhia desde a concepção e estamos priorizando a captação de talentos internos da fábrica para oportunidades em iniciativas relacionadas à indústria 4.0”, afirma Heitor Cauneto, diretor Sênior de Excelência em Manufatura Global da Bunge.

 

De acordo com Cauneto, o conceito de indústria 4.0 vai além das tecnologias. “A disrupção acontece quando é possível solucionar um desafio de negócio, o que só é possível quando todas as pessoas da unidade, que conhecem a fundo a operação, compreendem e colaboram com o projeto”, diz.

 

Para o executivo, capacitação é item fundamental nas discussões para o avanço da indústria 4.0 no Brasil e no mundo. Além de garantir o alinhamento dos colaboradores com os objetivos e valores das empresas, ela possibilita o aproveitamento máximo de todos os recursos, beneficiando a interação entre as pessoas e a melhoria dos fluxos nos processos.

 

É parte importante, também, para a hiperautomação (combinação da automação básica de processos existentes com tecnologias habilitadoras da indústria 4.0), tendência que segue firme em 2022. “As novas tecnologias e tendências estão vindo para acelerar, agilizar, não para substituir”, completa Cauneto.

 

A gigante global, que possui mais de 200 anos de história, aposta na tecnologia e na inovação como plataformas para a transformação dos seus negócios, que abrangem mais de 23 mil pessoas em todo o mundo e 300 instalações, entre terminais portuários, silos, fábricas de processamento de oleaginosas e plantas de fabricação e envase de alimentos e ingredientes.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais