SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Café: Por falta de contêiner, exportadores resgatam método de transporte antigo

Café: Por falta de contêiner, exportadores resgatam método de transporte antigo


Fonte: Moneytimes (28 de março de 2022 )
Exportadores começaram a adotar um método de transporte popular em décadas passadas (Imagem: REUTERS/Roosevelt Cassio)

 

O envio de café para o exterior ficou tão difícil devido à escassez de contêineres que alguns exportadores estão adotando um método de transporte que era popular décadas atrás.

 

Cinco dos chamados navios “break bulk”, que transportam grãos de café embalados em sacas gigantescas de 1.000 quilos, deixaram os portos brasileiros desde novembro, correspondendo a cerca de 4% das exportações do maior produtor mundial. Normalmente, é difícil lidar com sacas tão grandes, por isso esse método não é usado há mais de 20 anos. Agora, está voltando como uma das poucas alternativas aos contêineres padrão, que estão em falta.

 

“Vários exportadores têm buscado mais informações sobre essa modalidade de embarque, que é vista por nós como uma alternativa para os desafios logísticos globais que devem persistir em 2022”, disse Marcos Matos, diretor geral do Cecafé. “Não vimos nenhuma perda de qualidade nessas remessas.”

 

O Cecafé estima que o equivalente a 500 mil a 600 mil sacas padrão de 60 quilos de café foram transportadas em rem navios break bulk nos últimos quatro meses. Em dezembro, a Cooxupe, a maior cooperativa de café arábica do mundo, disse que planejava realizar dois embarques desse tipo após seu primeiro experimento sem contêineres semanas antes.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais