SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Portos da América Central mobilizam 183,1 milhões de toneladas e crescem 10,6% em 2021

Portos da América Central mobilizam 183,1 milhões de toneladas e crescem 10,6% em 2021


Fonte: Mundo Marítimo (23 de março de 2022 )
Além disso, mobilizaram 13,3 milhões de TEUs, com um aumento de 11,4% ano-a-ano – Foto: Mundo Marítimo

No final de 2021, os portos da América Central movimentaram 183,1 milhões de toneladas, marcando um aumento de 10,6%, enquanto a movimentação de contêineres foi de 13,3 milhões de TEUs, com um aumento de 11,4%, com relação ao ano anterior. Esses números superam todos os movimentos históricos, inclusive os de 2019, anteriores à pandemia, segundo dados do Sistema de Informações Estatísticas Portuárias Marítimas da América Central ( Siempca ), que são coletados pela Comissão Centro-Americana de Transporte Marítimo (Cocatram) .

 

José Dopeso, Diretor de Assuntos Marítimos e Portuários da Cocatram, referindo-se aos resultados, destacou que “nos últimos 15 anos, os portos da América Central experimentaram uma tendência de crescimento constante devido ao fato de terem conseguido atender e se adaptar às demanda de seus mercados correspondentes são essas cargas locais ou transbordo”.

 

Os países com maior aumento no volume de carga foram Guatemala com 15,0%; Honduras com 12,9% e Nicarágua, 12,8%, enquanto a maior variação em valores absolutos foi registrada pelo Panamá com 8,7 milhões de toneladas, em 2021.

 

Em relação à mobilização de contêineres, os países que registraram o maior aumento, em relação a 2020, foram El Salvador com 28,9%; Honduras, 17,8%; Guatemala com 12,9% e Panamá com 11,2%. 

 

A esse respeito, Dopeso destacou que “a participação dos operadores portuários globais, juntamente com os investimentos em seus terminais especializados, permitem atingir esses níveis de crescimento regional, como aconteceu na Guatemala, Honduras, Costa Rica e Panamá, atingindo níveis destacados em seu desempenho”.

 

Os terminais que registraram aumentos significativos foram Colon Container Terminal (CCT) com 47,1% e Panamá Ports Company Balboa (PPC Balboa), que conseguiu reverter a tendência de queda que registrou entre 2014 – 2019, gerando aumentos de 8,5% em 2020 e 19,4% em 2021. 

 

Em valores absolutos, o Terminal Internacional de Manzanillo (MIT)-Panamá mantém sua liderança regional por quatro anos consecutivos , com 2,8 milhões de TEUs. Tanto o MIT, PPC Balboa e CCT, assim como o restante dos terminais de contêineres no Panamá, operam principalmente atividades de transbordo , onde a movimentação de carga local foi de 11% e 89%, até 2021.

 

As operações da Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua e Costa Rica refletem outra dinâmica com média regional de 6% de transbordo/carga em trânsito e 94% de carga local, na mobilização de contêineres em 2021, com destaque para os Terminais APM Moin, Puerto Cortes e Puerto Quetzal como os principais operadores locais de carga da região.

 

O aumento da movimentação de cargas contrasta com a diminuição da chegada de navios, que nos últimos dez anos vem apresentando uma tendência de queda na região. Essa diferença se torna mais perceptível na diminuição das escalas de navios porta-contêineres para a América Central de 10.718 em 2019 para 9.751 em 2021, a menor dos últimos dez anos.

 

Otto Noack, Diretor Executivo da Cocatram, ao se referir às informações apresentadas neste artigo “é possível graças ao trabalho conjunto dos membros da Rede Centro-Americana de Estatísticas Portuárias Marítimas. Observar que a Cocatram coordena e costuma ser revisada no escritório de Jan Hoffman na UNCTAD e é referência na elaboração do relatório anual sobre transporte marítimo e é enviado periodicamente à CEPAL”.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais