SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Atividade portuária impulsiona abertura de empresas em Santos

Atividade portuária impulsiona abertura de empresas em Santos


Fonte: Prefeitura de Santos (23 de março de 2022 )
Atividades ligadas ao porto, como Contabilidade e Direito se expandem devido ao crescimento do comércio exterior – Foto: Isabela Carrari

 

O número de novas empresas em Santos cresceu 38%, com 6.687 aberturas nos doze meses de 2021 contra as 4.852 registradas em 2020 pela Prefeitura. O índice local, impulsionado principalmente pelas atividades ligadas ao Porto de Santos, foi superior, no mesmo período, às médias nacional (19,7%), de acordo com os dados do Ministério da Economia, e estadual (28,46%), segundo a Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

 

O secretário municipal de finanças, Adriano Leocadio, ressalta a importância do maior porto da América Latina neste crescimento. “Foram abertas muitas empresas ligadas às atividades portuárias e retroportuárias. Com prevalência de micro e pequenas empresas em todos os segmentos que são de assessoramento da atividade. Ou seja, ligadas à movimentação como comércios, ou serviços como Contabilidade e Direito, entre outras”.

 

No ano passado, a atividade portuária, impulsionada pelas exportações de soja e fertilizantes, movimentou 147 milhões de toneladas de cargas.

 

O Porto de Santos vem apresentando crescimento constante nos últimos 12 anos, o que torna o cenário propício para o crescimento empresarial da Cidade. Segundo os dados divulgados pela Autoridade Portuária (SPA), o crescimento anual foi acima da média do PIB para o período. De 2009 a 2021, o crescimento anual de tonelagem no Porto de Santos foi de 4,9%, já a taxa dos contêineres avançou 6,6%. No mesmo intervalo, o PIB brasileiro cresceu em média 1,1% ao ano, fatores que explicam a atração de empresas ligadas ao setor para Santos.

 

Leocadio ressalta que os números de aberturas de empresas de prestação de serviço direta, por meio da modalidade de microempreendedores (MEIs), se mantiveram estáveis, com o crescimento de 48% na abertura de micro e pequenas empresas (MEs). “Isso é fundamental, afinal são as modalidades de empresas que mais geram empregos”.

 

Para o secretário, além do impulso natural da atividade econômica com o final da pandemia, a desburocratização dos processos é o maior aliado do crescimento. A média para abertura de uma empresa no Município é de três dias. “Temos que ser facilitadores dos empresários, e é isso que temos feito, tentando dar a maior agilidade possível para o atendimento do empresário que quer criar uma empresa para se instalar aqui, ou se mudar para nossa Cidade”.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais