SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Argélia proíbe reexportação de produtos essenciais

Argélia proíbe reexportação de produtos essenciais


Fonte: ANBA (18 de março de 2022 )
©Ryad Kramdi/AFP

 

São Paulo – A Argélia proibiu a reexportação de produtos essenciais ao consumo local, tais como açúcar, massas, óleo, sêmola e derivados de trigo. A medida foi tomada no domingo (13) em reunião do Conselho de Ministros, presidida pelo presidente argelino, Abdelmadjid Tebboune, e anunciada em um comunicado de imprensa.

 

Na prática, foram desautorizadas as exportações a partir da Argélia de alimentos importados pelo país e que são essenciais para a população. A medida foi tomada após apresentação sobre a disponibilidade de produtos estratégicos pelo Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural e Ministério do Comércio e da Promoção das Exportações.

 

O presidente encarregou o Ministério da Justiça de elaborar projeto de lei criminalizando a exportação de produtos não produzidos localmente porque prejudica a economia nacional. Também foi ordenada a manutenção da proibição da importação de carnes congeladas para o incentivo ao consumo de carnes locais.

 

O governo argelino também determinou que sejam dados incentivos para que os agricultores argelinos abasteçam o estoque estratégico de trigo e leguminosas do país. Os estímulos devem ser dados em forma de empréstimos, fertilizantes e outros benefícios, segundo informação da agência de notícias estatal, Algérie Presse Service (APS).

 

A decisão foi tomada em meio a preocupações mundiais com o desabastecimento de alguns produtos essenciais, em função da guerra entre a Ucrânia e a Rússia, e com o aumento vertiginoso de preços dos alimentos. Outros países, entre eles o Egito, tomaram medidas similares para garantir o abastecimento interno e conter as cotações.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais