SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Portos do Paraná capacita empregados contra ataques cibernéticos

Portos do Paraná capacita empregados contra ataques cibernéticos


Fonte: Agência de Notícias do Paraná (17 de março de 2022 )
Portos do Paraná capacita empregados contra ataques cibernéticos – Foto: Rodrigo Sell/Portos do Paraná

 

A Portos do Paraná está capacitando todos os seus empregados com noções básicas de segurança para internet e nos ambientes virtuais. A medida da empresa pública busca manter o processo de modernização e proteção dos dados, assegurando as boas práticas previstas no Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações Portuárias (ISPS Code) nos portos de Antonina e Paranaguá.

 

A promoção do treinamento, que ocorre já há uma semana, atende a uma determinação da Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos). O último encontro será nesta terça-feira (15), quando participam mais 50 colaboradores. Para os que não puderam participar haverá uma nova data com a repescagem.

 

“Em uma palestra curta, trouxemos esse tema de segurança para as pessoas que trabalham, como forma de cumprir um item da auditoria da Conportos e, também, de capacitar os colaboradores”, explica Rodrigo Vanhoni, coordenador de Sistemas da Gerência da Tecnologia da Informação da Portos do Paraná.

 

De acordo com o especialista, o tema tem ganhado cada vez mais a importância que merece. “A palestra é o melhor formato, pois as pessoas têm a chance de se manifestar e tirar dúvidas”, destaca Vanhoni.

 

Segundo o palestrante Eduardo Domanski, guarda portuário e coordenador de Inteligência da Unidade Administrativa de Segurança Portuária (Uasp), com o treinamento os empregados têm uma noção geral do que é o ISPS Code, segurança portuária e as exigências da Conportos sobre a segurança da informação.

 

“Explicamos as principais ameaças às quais os usuários estão expostos, como ransomware, phishing, uso de senhas, engenharia social e diversas técnicas que os criminosos podem fazer uso para ter acesso às informações e as maneiras de se precaver desses ataques”, diz.

 

Para Domanski, as informações compartilhadas não são apenas importantes para o ambiente de trabalho, mas também podem e devem ser levadas para casa também.

 

“Hoje, a vida de todo mundo está muito conectada, celular sempre à mão, redes sociais e até smart tvs que armazenam informações de serviços de streaming com dados bancários. Então também são passíveis de ataques e é importante ter essa consciência”, acrescenta Domanski, que está se especializando em Segurança da Informação.

 

Com a palestra desta terça-feira (15), o ciclo inicial encerra com os 200 primeiros participantes inscritos, mas novas datas serão agendadas para atender a todos os empregados da Portos do Paraná.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais