SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Operação ‘Risco Zero’ da Receita Federal provoca fila de caminhões no Porto de Natal

Operação ‘Risco Zero’ da Receita Federal provoca fila de caminhões no Porto de Natal


Fonte: G1 (21 de fevereiro de 2022 )
Operação ‘Risco Zero’ da Receita Federal provoca fila de caminhões no Porto de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

 

Auditores fiscais da Receita Federal iniciaram nesta sexta-feira (18) a Operação Risco Zero no Porto de Natal. A iniciativa que tem o objetivo de verificar 100% das cargas causou longa fila de caminhões nas proximidades do terminal, na região do bairro da Ribeira.

 

“Essa operação consiste na intensificação dos procedimentos de fiscalização. Algumas fiscalizações de cargas eram feitas por índices de amostragem. Esses índices foram aumentados. Nesta operação específica, determinamos a pesagem de todas as cargas que estão para exportação. Além do escaneamento, que é obrigatório, também é feita a pesagem dessas cargas”, explica o auditor fiscal Maurício Santos.

 

Por ser mais minuciosa, a fiscalização se tornou mais demorada.

 

“(A operação) Aumenta o processo de segurança do porto que é visado pelos criminosos que procuram o tráfico de drogas. Por outro lado, a gente sente que causa uma certa demora, natural, nesse procedimento de entrega de cargas”.

 

A fila tem sido motivo de reclamação para os caminhoneiros. Muitos deles estão esperando desde a noite de quinta-feira (17) para descarregar os produtos no porto – a maioria de contêineres com frutas.

 

Além das avenidas Duque de Caxias e Hildebrando de Góis, o congestionamento de carretas atinge a Esplanada Silva Jardim e a Rua Almino Afonso, já no bairro das Rocas.

 

“Após o almoço, não entrou ninguém. Está tudo parado. Eles alegam que a máquina está quebrada”, contou o caminhoneiro João Batista, que saiu de Mossoró. “Estamos aqui desde 20h de ontem (quinta-feira), sem previsão, sem banheiro, sem nenhuma assistência”, completou.

Segundo Maurício Santos, esta fase da operação deve seguir até quarta-feira (23) em Natal, data prevista para a saída do navio Marseille, que chega ao terminal neste sábado (19).

 

A Operação Risco Zero está sendo realizada em portos de todo o Brasil e também é um protesto contra o ato do governo federal de ter reduzido em 50% o orçamento da Receita Federal, o que vai colapsar o órgão a partir do mês de maio, segundo a categoria.

 

Os auditores fiscais também entraram na Justiça para obrigar o governo federal a publicar os pedidos de exoneração das chefia do órgão. No Rio Grande do Norte, 12 chefes da Receita pediram demissão, mas apenas duas exonerações foram publicadas até agora no Diário Oficial da União.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais