SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Mercado   /   Número de navios em trânsito no Porto Organizado de Vitória cresce 7,3%

Número de navios em trânsito no Porto Organizado de Vitória cresce 7,3%


Fonte: Informativo dos portos (13 de janeiro de 2022 )

 

Em 2021, um total de 2.148 navios cruzou a área do Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS) do Porto Organizado de Vitória, número 7,3% maior que no ano anterior (2.002 navios). O serviço contabilizou 116.015 ações de controle de tráfego (atracação e desatracação, embarque e desembarque de prático etc.). Em 2020 foram 126.906 ações.

 

No ano passado, foram registrados 17 incidentes (avarias ou problemas mecânicos/tripulantes ou de sinalização náutica), e 23 descumprimentos de procedimentos (excesso de velocidade, mergulho sem autorização da Marinha, ação fora das normas do VTS etc.), além de 15 acionamentos de serviços aliados (órgãos responsáveis por auxílio/socorro) para atender ocorrências.

 

Como registrado nos anos anteriores, não ocorreu nenhum acidente de navegação. O sistema entrou em operação em setembro de 2017.

 

Localizado em Capuaba, Vila Velha, o Centro de Controle de Operações (CCO) da CODESA utiliza o mais moderno sistema de monitoramento e controle de tráfego de embarcações do mundo: o Navi-Harbour 4.6 3D. A coordenação do setor é de Agostinho Sobral Sampaio.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais