SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Maersk entra em 2022 com novas aquisições e parcerias

Maersk entra em 2022 com novas aquisições e parcerias


Fonte: Portos e Navios (6 de janeiro de 2022 )
Para este ano, o grupo dinamarquês firmou uma parceria global com a Unilever e anunciou aquisição da LF Logistics

 

A Maersk iniciou o ano de 2022 com novidades: o grupo A.P. Moller – Maersk fechou um acordo para adquirir a LF Logistics, empresa de logística contratada sediada em Hong Kong, focada em soluções e serviços de atendimento, e-commerce e transporte terrestre para clientes que atuam na região Ásia-Pacífico. A aquisição está sujeita a aprovações regulatórias e deve ser concluída este ano. O valor da transação é de US$ 3,6 bilhões.

 

A Maersk anunciou também uma nova parceria estratégica firmada com a Unilever, na qual o grupo dinamarquês será responsável pelo gerenciamento operacional de transporte marítimo e aéreo internacional. O objetivo é trazer mais agilidade à cadeia de suprimentos da Unilever, que atualmente cobre mais de 190 países.

 

O CEO da Maersk, Soren Skou, considera a aquisição “um marco importante e verdadeiramente estratégico” para a empresa, que vai ao encontro do objetivo do grupo dinamarquês em se posicionar como integrador global de logística ponta a ponta.

 

“Adicionamos capacidades críticas na rota Ásia-Pacífico para apoiar o crescimento de longo prazo de nossos clientes nessa região, bem como capacidades e tecnologia que podemos escalar em nosso negócio de logística contratada globalmente”, afirma.

 

Com a aquisição, a Maersk adicionará 223 depósitos ao portifólio existente, elevando o número total de instalações globais para 549, espalhados por um total de 9,5 milhões de metros quadrados.

 

“Com essa mudança, vamos aumentar nossa oferta de armazenamento e distribuição e responder às necessidades de rápido crescimento de nossos clientes por contratos de logística. Guiado por uma cultura centrada no cliente e operações bem executadas, a LF Logistics construiu um histórico incomparável de execução de uma estratégia omnichannel, sendo uma posição única que podemos usar para construir e operar o atendimento aos clientes em nossa rede”, destaca o CEO do departamento de Ocean & Logistics da Maersk, Vincent Clerc.

 

Até obter todas as aprovações regulatórias necessárias e o fechamento da transação, a Maersk e a LF Logistics permanecem como empresas separadas e, portanto, farão seus negócios normalmente.

 

A parceria com a Unilever tem vigência a partir deste ano. O contrato de quatro anos contemplará o desenvolvimento e a gestão da International Control Tower Solution da Unilever, uma solução de gerenciamento operacional que consolidará a execução do transporte marítimo e aéreo global da companhia, visando aumentar a visibilidade e a eficiência, bem como reduzir as emissões de carbono em todas as operações.

 

A Maersk fornecerá gerenciamento operacional de transporte marítimo e aéreo internacional, trazendo mais resiliência, agilidade e visibilidade de ponta a ponta à cadeia de suprimentos da Unilever, que atualmente cobre mais de 190 países ao redor do mundo.

 

O gerenciamento operacional terá como o apoio a NeoNav, plataforma digital da Maersk desenvolvida com tecnologia blockchain.

 

A plataforma NeoNav unifica a logística física e digital para dar transparência de ponta a ponta, além de otimizar o controle e tomada de decisão com base em dados e informações precisas, seguindo os padrões da indústria para garantir a confidencialidade e neutralidade exigida dos provedores de gerenciamento operacional.

 

A vice-presidente de Logística Global da Unilever, Michelle Grose, afirma que o grupo está satisfeito por “trabalhar com a Maersk para unificar as operações globais de logística marítima e aérea”.

 

“Essa abordagem de ponta a ponta não apenas garante um melhor serviço para nossos clientes e reduz o desperdício de negócios, como também promove uma visibilidade adicional que nos ajudará a mitigar riscos, a aumentar a agilidade e nos ajudar a atingir nossa meta corporativa de nos tornarmos neutros em carbono até 2039”, conclui.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais