SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Estudo apoiado pela Nasa confirma que o oceano Antártico está absorvendo carbono

Estudo apoiado pela Nasa confirma que o oceano Antártico está absorvendo carbono


Fonte: Portos e Navios (5 de janeiro de 2022 )
Foto: Portos e Navios

 

Novas observações de aeronaves de pesquisa indicam que o Oceano Antártico absorve mais carbono da atmosfera do que libera. O estudo indica que é a região é um forte sumidouro de carbono e um importante amortecedor para os efeitos humanos pela emissão de gases de efeito estufa.

 

Pesquisas e modelagens anteriores deixaram os pesquisadores incertos sobre quanto dióxido de carbono (CO 2 ) atmosférico é absorvido pelas águas frias que circundam o continente Antártico.

 

No estudo apoiado pela Nasa, publicado na “Science” em dezembro, os cientistas observaram o dióxido de carbono atmosférico a partir de aeronaves e demonstraram que o fluxo líquido anual de carbono naquele oceano é grande, com maior captação no verão. Eles descobriram que as águas da região absorvem cerca de 0,53 a mais petagramas (530 milhões de toneladas métricas) de carbono do que liberam a cada ano.

 

Quando as emissões de dióxido de carbono causadas pelo homem entram na atmosfera, parte do gás é absorvida pelo oceano. Parte disso é devido à ressurgência de água fria do fundo do oceano. Uma vez na superfície, a água mais fria e rica em nutrientes absorve CO2 da atmosfera — geralmente com a ajuda de organismos fotossintetizantes chamados fitoplâncton — antes de afundar novamente.

Muitos estudos anteriores sobre o fluxo de carbono do Oceano Antártico basearam-se em medições da acidez do oceano — que aumenta quando a água do mar absorve CO 2 — obtidas por instrumentos flutuantes à deriva.

Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais