SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   COSCO lança terminal de emissão zero na expansão do porto de Tianjin

COSCO lança terminal de emissão zero na expansão do porto de Tianjin


Fonte: The Marítime Executive (3 de janeiro de 2022 )
COSCO adicionou energia solar e eólica ao novo terminal de Tianjin na China (COSCO)

 

A COSCO Shipping Ports, grande operadora portuária global da China, destacou o lançamento de seu novo terminal de carbono zero no porto do norte de Tianjin. Segundo a empresa portuária, o terminal tornou-se autossuficiente com energia limpa para suas operações. É parte do esforço geral da empresa para expandir as operações em Tianjin.

 

Em 15 de dezembro, o que a COSCO está chamando de primeiro sistema de energia verde inteligente para o terminal de carbono zero foi conectado com sucesso à rede elétrica no Segundo Terminal de Contêineres do Porto de Tianjin. Em comparação com os terminais tradicionais, a COSCO destacou que o terminal “carbono zero” é movido a energia eólica e solar (fotovoltaica), atingindo emissão zero de carbono no consumo e produção de energia. Torna-se autossuficiente nas operações do terminal de contêineres inteligentes na Seção C do Porto de Tianjin.

 

A Fase I do Projeto de Sistema de Energia Verde Inteligente do Terminal da Seção C do Porto de Tianjin inclui duas turbinas eólicas distribuídas de 4,5 MW, que devem gerar 23,3 milhões de kWh de eletricidade anualmente e reduzir a emissão de carbono em 20.600 toneladas por ano. Além disso, o projeto fotovoltaico de 1,4 MW em construção deverá ser conectado à rede em meados de janeiro de 2022.

 

A COSCO disse que também usará energia eólica e solar durante a construção da Fase II do projeto.

 

Tianjin é um dos dez maiores portos de contêineres do mundo e o porto mais ao norte da China. Em 2020, Tianjin aumentou os volumes em mais de 5%, movimentando 18,5 milhões de TEU. A COSCO Shipping Ports, que opera e administra 370 berços em 37 portos em todo o mundo e uma capacidade anual combinada de movimentação de 124 milhões de TEU, tem buscado uma estratégia para desenvolver ainda mais o porto de Tianjin. Localizado perto de Pequim, a empresa diz que o porto tem uma vantagem estratégica com acesso ao corredor industrial do norte.

 

No mês passado, a COSCO Shipping Ports Limited e a China Shipping Terminal Development Co. assinaram um novo acordo para a propriedade do Tianjin Container Terminal, um dos quatro principais terminais de contêineres do complexo portuário. A COSCO disse que espera facilitar totalmente o desenvolvimento da TCT como um centro de transporte marítimo internacional no norte da China. Isso deve ser feito otimizando a eficiência operacional das companhias marítimas que fazem escala no terminal e promovendo a sinergia da rede hub-and-spoke e de transbordo na região de Bohai Rim. Eles já firmaram vários novos contratos com embarcadores industriais para utilizar as instalações portuárias.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais