SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Portal do Príncipe melhora fluxo de caminhões ao Porto

Portal do Príncipe melhora fluxo de caminhões ao Porto


Fonte: CODESA (22 de dezembro de 2021 )
Foto: Governo do Estado / Reprodução CODESA

 

Inaugurado, no último domingo (19), o complexo viário do Portal do Príncipe, no lado sul de Vitória. O empreendimento melhora o fluxo de caminhões de carga que acessam o Porto de Vitória, acabando com o fim da restrição de 4 horas diárias de veículos pesados. Agora, a operação portuária é ininterrupta, por 24 horas por dia, com o mínimo de impacto urbano. O projeto é do Governo do Estado.

 

O Porto de Vitória contribuiu com o projeto cedendo parte da área do Cais Comercial de Vitória para que fosse construída baia de ônibus (em frente ao Palácio Anchieta), obra integrante do complexo viário e fundamental para ajudar na fluidez do tráfego de carros na região.

 

Além da implantação e alargamento de vias, calçadas e ciclovia, a obra do Portal do Príncipe acabou com a passagem de carros pela Ponte Seca, ao lado do Mercado da Vila Rubim, que passou a ser exclusiva para pedestres e ciclistas.

 

Para a Diretoria da CODESA, as intervenções melhoram o trânsito na chegada à capital pelas pontes Florentino Avidos e do Príncipe e, consequentemente, o acesso de veículos pesados ao porto, proporcionando mais segurança aos motoristas e pedestres.


Mais lidas


  Na última sexta-feira (08) o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) recebeu, na sua sede, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Mario Povia.   Essa foi à primeira visita do secretário a entidade desde que assumiu a pasta, em maio deste ano, e […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais