SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Novo parecer ao projeto sobre BR do Mar reinclui retomada de Reporto

Novo parecer ao projeto sobre BR do Mar reinclui retomada de Reporto


Fonte: Isto é dinheiro (15 de dezembro de 2021 )

O relator do BR do Mar, deputado Gurgel (PSL-RJ), reincluiu no parecer da matéria a retomada do regime tributário especial para o setor portuário, conhecido como Reporto (Regime Tributário para Incentivo à Modernização e à Ampliação da Estrutura Portuária). A reativação de benefício havia sido retirada do primeiro relatório da proposta, o que enfrentou forte reação de empresas do setor portuário.

 

A mudança no parecer acontece enquanto o Ministério da Infraestrutura se movimenta para conseguir o apoio do governo na retomada do Reporto, conforme revelou o Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

 

O Executivo está dividido em relação ao assunto em razão da posição contrária do Ministério da Economia ao incentivo fiscal.

 

No novo texto, Gurgel afirma que a prorrogação dos benefícios conferidos ao regime, que se encerrou no fim de 2020, para 31 de dezembro de 2023, é “salutar” para reduzir as barreiras na aquisição de equipamentos para os portos.

 

“O crescimento e o desenvolvimento da navegação de cabotagem impactam diretamente a movimentação nos portos, que precisarão promover investimentos para acompanhar a nova demanda”, afirmou o deputado no relatório protocolado nesta terça-feira, 14.

 

Em parecer apresentado na última sexta-feira, 10, o deputado escreveu outra impressão sobre a retomada do regime, mais alinhada ao Ministério da Economia. Nela, Gurgel afirmou que não poderia manter a retomada do Reporto porque a medida provocaria um “impacto fiscal relevante”.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais