SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Concessão com reajuste de tarifa

Concessão com reajuste de tarifa


Fonte: A Tribuna On-line (2 de dezembro de 2021 )
Foto: Carlos Nogueira/ AT

 

Conforme prevê o edital publicado na última terça-feira (30), o Governo do Estado leiloará em 30 de março, na B3, a bolsa de valores paulista, a concessão do Sistema de Travessias Litorâneas. No total, oito operações hoje a cargo do Departamento Hidroviário, órgão da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, serão repassados à iniciativa privada. Desta forma, espera-se que os serviços prestados à população ganhem eficiência, propiciando mais rapidez, conforto e segurança aos motoristas, ciclistas e pedestres.

 

O que preocupa é a afirmação do titular da pasta, João Octaviano Machado Neto, em entrevista ao repórter Maurício Martins, de que haverá aumento de tarifas para veículos (mas redução para pedestres e ciclistas). Ainda que Machado Neto alegue que os preços não são corrigidos desde 2018, essa possibilidade gera apreensão, considerando o impacto da inflação no custo de vida dos usuários, a queda da renda ou mesmo desemprego que empurra muitos trabalhadores para atividades que exijam o transporte entre as cidades da região, especialmente Santos e Guarujá. Por isso, é importante que essa recomposição prevista pelo secretário não se dê em curto espaço de tempo.

 

A concessão dos serviços terá um impacto acentuado na região, atingindo as travessias Santos/Guarujá, Bertioga/Guarujá e Santos/Vicente de Carvalho – diariamente elas movimentam 28 mil automóveis e 22 mil pedestres e ciclistas. As operações antes eram realizadas pela Dersa, estatal dissolvida pelo Governo Doria e substituída pelo Departamento Hidroviário. Já a companhia que vencer a disputa terá que investir R$ 272 milhões durante os 30 anos do contrato. Entretanto, segundo o secretário, haverá mais melhorias nos primeiros seis anos da contratação, desde manutenção da infraestrutura ao aumento da capacidade das embarcações e da automatização do pagamento de entrada à agilidade nos deslocamentos.

 

Essas melhorias, contudo, dependem de um edital bem elaborado e com regras para selecionar as empresas mais preparadas e em condições de fazer os investimentos previstos. Na verdade, esse tipo de concessão é um desafio para o Governo do Estado, pois essa área não passou por privatizações nas últimas décadas, como no caso das rodovias e metrô. Além disso, muitas concorrências feitas em todo o País acabam fracassando por disputas judiciais ou companhias que não se mostram aptas para a tarefa.

 

A futura concessionária também deverá estar preparada para atender muita demanda nos fins de semana e no verão, lembrando que as filas e a demora na travessia, no caso de Santos-Guarujá, causam sérios transtornos há muitos anos. Por outro lado, é preciso resolver problemas com embarcações, com estrutura de reserva para evitar eventuais atrasos no sistema. Como há uma expectativa de reajuste de tarifas, que nos próximos meses os critérios de aumento sejam devidamente divulgados à população.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais