SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   DP World Santos tem única operadora de portêiner do Porto de Santos

DP World Santos tem única operadora de portêiner do Porto de Santos


Fonte: DP World Santos (16 de novembro de 2021 )
Terminal instalado no cais santista quebra tradição masculina na operação de equipamento e reforça oportunidades para as mulheres que atuam no setor – Foto: DP World Santos

 

A DP World Santos, um dos maiores e mais modernos terminais privados multipropósito do país, conta com a única mulher operadora de portêiner – o maior e mais caro equipamento portuário – do porto de Santos.

 

Fabiana do Nascimento Almeida já foi a primeira operadora de RTG – o segundo maior equipamento do terminal – e fez parte da primeira turma de operadores que viajou, em 2013, para a DP World Callao, no Peru, para se preparar para a atividade. Desde 2020, estava atuando na operação de pontes rolantes no complexo de celulose, equipamento que movimenta a carga dentro do armazém.

 

“Estou honrada em representar a força de trabalho feminina em uma função em que, até pouco tempo atrás, era impossível de se imaginar uma mulher. Esse reconhecimento da empresa vem para mostrar que temos competência e qualificação para operar equipamentos pesados e poder desenvolver carreira no Porto de Santos”, celebra Fabiana.

 

O portêiner é um guindaste montado sobre a estrutura de pórtico que movimenta os contêineres, fazendo o embarque e descarga das caixas metálicas no navio. Trata-se de um equipamento robusto e com largas dimensões, que pode atingir 20 metros de altura e pesar 1.600 toneladas. Para operá- lo, Fabiana precisou fazer cursos específicos, além de treinamentos de atualização. Sua experiência na operação de outros gigantes do terminal foi fundamental para a nova função.

 

“As operações feitas com o portêiner devem levar o menor tempo possível, o que contribui para a redução do período de atracação das embarcações e melhora a nossa produtividade. Tudo deve ser feito cumprindo rígidos critérios de segurança na movimentação de contêineres. O início da Fabiana é um marco muito importante na história da DP World, pois abre portas para que mais mulheres busquem cargos nas operações”, afirma Ricardo Generozo, Diretor de Operações.

 

A novidade coincide com o ano de maior ocupação feminina desde que o terminal foi inaugurado. A empresa contabiliza atualmente 110 mulheres em funções operacionais, um aumento de 145% se comparado há dois anos, por exemplo. A expansão da infraestrutura para se tornar um complexo multipropósito e a nova oferta de serviços oferecidos pela DP World Santos têm contribuído para a inserção de mais mulheres no mercado de trabalho.

 

Para sustentar esse crescimento, a empresa conta com programas de mentoria e outras iniciativas que buscam apoiar e desenvolver mulheres. O programa MentorHer, por exemplo, consiste em sessões de mentoria de profissionais sêniores para mulheres em ascensão, e já está em sua terceira edição, tendo formado mais de 40 participantes.

 

Sobre a DP World Santos

A DP World Santos é a empresa responsável pela operação de um dos maiores e mais modernos terminais privados multipropósito do Brasil, instalado na margem esquerda do Porto de Santos (SP). Com investimentos de R$ 2,3 bilhões, proporciona mais de 1.200 empregos diretos e 5.000 indiretos. Instalado em área estratégica com acesso por via marítima, rodoviária e ferroviária, o empreendimento conta com 1.100 metros de cais e uma área total de 845.000 m2 e capacidade de movimentação anual de 1,2 milhão de TEU (unidade equivalente a um container de 20 pés) e 3,6 milhões de toneladas de celulose.

Mais informações no portal www.dpworld.com/santos


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais