SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   ADM e Bunge devem registrar resultados sólidos, apesar de interrupções do furacão Ida

ADM e Bunge devem registrar resultados sólidos, apesar de interrupções do furacão Ida


Fonte: Moneytimes (26 de outubro de 2021 )
“Estamos neste ambiente agradável e feliz em que os preços são elevados, mas não tanto a ponto de abater a demanda” (Imagem: Reuters/Karl Plume)

 

As empresas globais de agronegócio Archer-Daniels-Midland Co e Bunge Ltd provavelmente registraram lucros sólidos no terceiro trimestre, apesar dos embarques de exportação suspensos por semanas no principal distribuidor de grãos dos Estados Unidos após o furacão Ida, disseram analistas antes da divulgação de resultados desta semana.

 

Ambas as empresas se beneficiaram de boas margens de processamento de sementes oleaginosas e milho e de ofertas prontamente disponíveis de grãos para comercializar, processar e enviar para o exterior, já que os preços elevados incentivaram os agricultores a venderem mais grãos, afirmaram os analistas.

 

A crescente demanda por óleos vegetais para a produção de combustível renovável também impulsionou as perspectivas de longo prazo para ambas as empresas, disseram eles.

 

Os ganhos robustos esperados nos três meses encerrados em 30 de setembro se basearam em uma série de trimestres fortes, depois que os lucros aumentaram com o aumento da demanda por alimentos e mudanças nos fluxos de comércio durante a pandemia.

 

“Estamos neste ambiente agradável e feliz em que os preços são elevados, mas não tanto a ponto de abater a demanda”, disse Ben Bienvenu, analista da Stephens Inc, em entrevista.

 

“As pessoas agora estão começando a olhar para 2022 e a demanda de exportação ainda é forte para os grãos dos EUA”, disse ele.

 

Os embarques de exportação da Louisiana na Costa do Golfo, o maior centro de grãos dos Estados Unidos, foram suspensos por várias semanas depois que o furacão Ida atingiu a área no dia 29 de agosto, interrompendo a energia dos terminais ADM e Bunge e causando pequenos danos.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais