SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Análise sobre processo de privatização da Codesa é retomada pelo TCU

Análise sobre processo de privatização da Codesa é retomada pelo TCU


Fonte: CBN Vitória (21 de outubro de 2021 )
Porto de Vitória. Crédito: Divulgação

 

Após o Tribunal de Contas da União (TCU) decidir por suspender a análise do processo de privatização da Companhia Docas do Espírito Santo, a tramitação foi retomada neste mês de outubro, segundo informou à CBN Vitória, o diretor-presidente da Codesa, Julio Castiglione. No despacho, o ministro do TCU, Bruno Dantas, alertava que a avaliação do ativo incluído no Plano Nacional de Desestatização deveria ser feita por duas consultorias independentes. Contudo, apenas uma delas havia chegado ao conhecimento da Corte de Contas.

 

Codesa administra os Portos de Vitória e de Barra do Riacho, em Aracruz. A desestatização, prevista para o início de 2022, será o primeiro leilão de uma estatal do setor portuário e servirá como um tipo de “teste” para outras companhias de docas pelo Brasil. Ele será feito em modelo híbrido, com a venda do controle da empresa (privatização) e concessão da exploração dos dois pontos por 35 anos para a mesma empresa.

 

Entrevista – Fernanda Queiroz – Julio Castiglioni:


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais