SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Agenda portuária: Summit Portos 5.0 acontece no dia 21

Agenda portuária: Summit Portos 5.0 acontece no dia 21


Fonte: G1 - Santos e Região (15 de outubro de 2021 )
Foto: Divulgação do evento

Pensando em ampliar a participação do Brasil no comércio internacional no setor de importação e exportação acontece o Summit Portos 5.0 – Nova agenda de negócios portuários no Brasil e no mundo.

 

O evento ocorrerá na quinta-feira, 21 de outubro, das 13h às 18h, no auditório do B HOTEL, em Brasília-DF (SHN Q 5 BL J Lote L – Asa Norte) e contará com a presença de diversos profissionais da área para debater temas.

 

Cenário portuário brasileiro
Isso porque o setor de importação e exportação no Brasil se mostra como um dos cenários mais promissores do mundo. A movimentação de cargas conteinerizadas possui um crescimento rápido em muitos portos, o que atrai investimentos.

 

Apesar do Brasil representar apenas 1,2% das exportações (27ª posição global) e 1% das importações (28ª posição global), conforme o último relatório da OMC (Organização Mundial do Comércio), de acordo com o último Plano Nacional de Logística Portuária publicado em 2019, o setor de cargas conteineirizadas movimentou no país, em 2018, um total de 114 milhões de toneladas.

 

Perspectiva de crescimento no setor

A expectativa diante da demanda é que ocorra um crescimento dos fluxos de longo curso de 142% até 2060, considerando exportação e importação.

 

Pensando nesse cenário de evolução, a Summit Portos 5.0 surge como um meio de apresentar e discutir ideias que impactam positivamente a estratégia brasileira portuária.

 

“A Summit Portos 5.0 tem como objetivo ampliar a participação do Brasil no comércio internacional. Para isso é necessário expandir a capacidade aumentando o investimento e melhorar a eficiência a fim de diminuir burocracias e custos”, detalha o consultor Luiz Claudio Montenegro, que será um dos palestrantes do dia.

 

O evento terá palestras de temas importantes como: compreender os modelos de concessões; tipos de concessões no Brasil e no mundo; funções e responsabilidades das agências e dos órgãos reguladores; economias de escala e níveis de competição, lógica de integração vertical na logística; os efeitos e a concentração na competição, acesso ao mercado, nível de serviços e preços e debate e recomendações gerais ao modelo brasileiro de concessões.

 

Também serão levantados assuntos em painéis com os seguintes tópicos: estabilidade jurídica e segurança nos investimentos, redução de burocracia e regulação responsiva, arranjo produtivo e sincromodalismo, mercado competitivo portuário e haverá uma palestra para encerrar.

 

O evento será presencial para convidados, mas quem quiser participar remotamente poderá se inscrever pelo link para assistir a transmissão online.

 

A realização é pelo Grupo Tribuna e conta com o apoio das empresas TiL (Terminal Investment Limited) e APM Terminals.

 

Ingressos para participar online: https://bit.ly/3lGlxyI


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais