SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Roadshow abre caminho para novos investimentos e disputas nas próximas concessões

Roadshow abre caminho para novos investimentos e disputas nas próximas concessões


Fonte: Ministério da Infraestrutura (13 de outubro de 2021 )
Após cinco dias de diversas reuniões em Nova Iorque, delegação brasileira retorna com anúncio de crédito de US$ 2 bilhões na infraestrutura do país – Crédito: Vinícius Rosa/MInfra

 

Após cinco dias de reuniões com representantes de aproximadamente 40 instituições financeiras, como bancos, fundos financeiros e agências de classificação de risco, em Nova Iorque, a delegação brasileira retorna ao país com resultados concretos. O principal deles é a confirmação de que Bank of America para a América Latina aprovou US$ 2 bilhões, o equivalente a R$ 11 bilhões, em crédito para investimentos em infraestrutura no Brasil.

 

A informação foi passada pelo head da instituição, Alexandre Bettamio, ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, durante reunião realizada na quinta-feira (7). O programa de infraestrutura do Brasil é uma grande realidade e vai transformar o nosso futuro. É possível afirmar que teremos novos players nos nossos leilões que virão, que são leilões excelentes,” afirmou o ministro.

 

Outra boa notícia, segundo o ministro, é que fundos estrangeiros já estudam, inclusive, detalhes do programa de concessões e abertura de escritórios no Brasil. “Nós temos entregas para mostrar. E isso foi muito ressaltado”, afirmou. Até o fim de 2022, o Governo Federal espera assegurar R$ 260 bilhões em investimentos privados na infraestrutura de transportes brasileira.

 

Encerrado nesta sexta-feira (8), o roadshow contou com a participação brasileira do ministro Tarcísio Freitas, da secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias do MInfra, Natália Marcassa, da secretária especial do Programa de Parcerias de Investimento do Ministério da Economia, Martha Sellier, e representantes da Apex-Brasil, do BNDES e do Ministério das Relações Exteriores.

 

Representaram investidores internacionais executivos da Compass Group, Artisan, Tarsadia, Bank of America, JP Morgan, Global Infrastructured Partners (GIP), Standard & Poors, Council of the Americas, XP, Goldman Sachs, Pátria Investimentos e Macquaire.

 

LEILÕES – Para chegar a este número, o Brasil segue após o roadshow com 11 importantes leilões pela frente – dois projetos rodoviários e nove arrendamentos portuários. Durante o Super Infra, que terá 30 dias dedicados à concessão de ativos entre outubro e novembro, estão previstos R$ 23,51 bilhões em investimentos.

 

O destaque é a Nova Dutra, que será concedida em conjunto com a Rio Santos (BR-116/101/SP/RJ). Maior leilão rodoviário da história, o edital prevê aporte de R$ 15 bilhões pelo vencedor nas rodovias.

 

Na sequência, em novembro, serão leiloados dois terminais do Porto de Santos, com investimentos de R$ 950 milhões. Está prevista para este ano, também, a concessão das rodovias federais BRs-381 e 262, em Minas Gerais e Espírito Santo, com estimativa de R$ 7 bilhões aplicados ao longo do contrato em melhoramentos.

 

Entre os leilões, o ministro ainda fará um novo roadshow. Desta vez, será na Europa, com investidores franceses, italianos, espanhóis e alemães. Na sequência, Tarcísio Freitas visitará a Expo Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para apresentar o portfólio de concessões do Brasil a executivos dos fundos soberanos árabes.

 

PRÓXIMO ANO – Assim como a série de reuniões em Nova Iorque, os encontros na Europa e no Oriente Médio servirão para atrair investidores para o maior programa de concessão no mundo. Em especial, os projetos que devem ser concedidos em 2022. Como a relicitação do aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN), as concessões rodoviárias das BRs 116, 493 e 465, entre Rio de Janeiro e Governador Valadares, a desestatização portuária da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) e de 16 aeroportos, entre eles Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ).


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais