SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Covid: Baixa imunização na África e variantes podem criar mutações resistentes às vacinas, dizem cientistas

Covid: Baixa imunização na África e variantes podem criar mutações resistentes às vacinas, dizem cientistas


Fonte: Moneytimes (13 de setembro de 2021 )
Uma delas, a beta, se espalhou pelo mundo no início do ano e tornou algumas vacinas parcialmente ineficazes (Imagem: Pixabay/ulleo)

 

A proliferação de variantes do coronavírus na África, em parte atribuída às baixas taxas de vacinação no continente, pode levar a mutações resistentes às vacinas que complicariam os esforços de acabar com a pandemia, segundo um grupo de 112 organizações africanas e 25 internacionais.

 

Um estudo de genomas de 33 nações africanas e dois “territórios ultramarinos”, publicado na revista Science na quinta-feira, monitora a evolução da pandemia no continente e o surgimento das chamadas variantes de preocupação e variantes de interesse.

 

Uma delas, a beta, se espalhou pelo mundo no início do ano e tornou algumas vacinas parcialmente ineficazes.

 

“A lenta distribuição de vacinas na maioria dos países africanos cria um ambiente no qual o vírus pode se replicar e evoluir”, disseram as organizações. “Isso quase certamente produzirá variantes de preocupação adicionais, qualquer uma das quais poderia inviabilizar a luta global contra a Covid-19.”

 

Enquanto mais da metade da população dos Estados Unidos e mais de 60% das pessoas na União Europeia completaram a imunização, apenas 3,2% dos 1,2 bilhão de pessoas da África receberam o regime completo.

 


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais