SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Edital para desestatização da Codesa será publicado até o fim de 2021, diz Piloni

Edital para desestatização da Codesa será publicado até o fim de 2021, diz Piloni


Fonte: Ministério da Infraestrutura (1 de setembro de 2021 )

O processo para desestatização da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) está em fase final de análise pelo Tribunal de Contas da união (TCU), informou nesta segunda-feira (30) o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni. Com o aval da Corte de Contas, o Ministério da Infraestrutura (MInfra) poderá publicar o edital para a concessão do primeiro porto organizado à iniciativa privada no fim do ano e realizar o leilão no primeiro semestre de 2022, como previsto. O processo deve resultar na contratação de R$ 783 milhões em investimentos privados.

 

“Temos a obrigação de entregar algo que traga um impacto positivo para a Companhia, para o Espírito Santo e para o Brasil”, destacou o secretário. Quando à administração dos portos no país, ele acrescentou: “É preciso pensar um modelo de gestão mais eficiente e termos mais gestores que tenham condições de assumir compromissos em um setor tão complexo”.

 

As declarações foram dadas durante o Seminário de Negócios Mec Show, cuja 4ª edição, em formato on-line. Com o tema Infraestrutura: Cenários e Perspectivas, o evento reuniu autoridades e gestores do setor portuário do Espírito Santo para debater o sistema nacional de portos e os investimentos nos portos capixabas.

 

CRESCIMENTO – Diego Piloni destacou que, apesar das adversidades resultantes da pandemia de covid-19, o setor conseguiu se manter. “Ano passado, tivemos um crescimento de 4,2%. Foram 1,5 milhões de toneladas movimentadas em todo o país”, disse. “No primeiro semestre de 2021, já houve um crescimento de 9,4% em relação ao mesmo do período do ano passado”, acrescentou.

 

O bom desempenho também foi verificado na Codesa, pontuou o secretário. “Se estamos colhendo bons resultados, isso se deve ao ótimo trabalho que tem sido feito, e o Espírito Santo tem tradição no setor. Se avaliamos o recorte Codesa, o crescimento foi mais de 30% no primeiro semestre deste ano”, detalhou. Segundo o secretário, além de comemorar os resultados positivos, é preciso continuar trabalhando para promover mais melhorias no setor, gerando emprego e renda para o país.


Mais lidas


  Na manhã desta quarta-feira (18), o Sopesp (Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo) recebeu em sua sede a visita do desembargador federal, Celso Ricardo Peel Furtado, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.   O magistrado foi recebido com um café da manhã pelo presidente da entidade, Régis Prunzel, acompanhado […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais