SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Pelo Mundo: COFCO International consolida sua posição à medida que o Brasil se ergue como uma potência agrícola

Pelo Mundo: COFCO International consolida sua posição à medida que o Brasil se ergue como uma potência agrícola


Fonte: COFCO International (31 de agosto de 2021 )
Fundado em 1892, o Porto de Santos é um símbolo das imensas transformações do Brasil nos últimos séculos – Foto: Terminal T12A da COFCO International em Santos

 

Milhões de imigrantes chegaram ao país pelo porto no final do século XIX e início do século XX, com destino ao interior por via férrea. Utilizado inicialmente para exportar o café produzido do estado de São Paulo, o porto se expandiu gradativamente, aumentou sua capacidade e diversificou a oferta de produtos exportados.

 

Hoje, o Porto de Santos é o centro de exportação mais movimentado da América Latina, conectando mais de 600 portos em 125 países e exportando todas as principais commodities da região, incluindo café, milho, açúcar e soja.

 

Por ser a rota de comércio exterior mais importante do Brasil, é também o coração das operações da COFCO International.

 

A COFCO International possui dois terminais em Santos. O Terminal T-12A movimenta as exportações mundiais de soja, trigo, milho e açúcar, enquanto o Terminal Cereal Sul é responsável pelas importações de trigo. O porto também tem capacidade para armazenar 67 TKUs (toneladas por quilômetro útil) de grãos e oleaginosas e 90 TKUs de açúcar.

 

CRESCENDO JUNTOS

À medida que o Brasil cresceu e se tornou o quarto maior produtor mundial de grãos e oleaginosas, bem como o segundo maior exportador do mundo*, a COFCO International também fortaleceu continuamente sua posição no País.

 

A empresa está posicionada estrategicamente em todos os principais corredores de exportação e com presença em toda a cadeia de valor, conectando os agricultores brasileiros aos mercados em todo o mundo.

 

A COFCO origina e exporta grãos, sementes oleaginosas, açúcar, café e algodão no Brasil. Também produz etanol, que é vendido principalmente no mercado local. Da origem e esmagamento à armazenagem e exportação, a empresa está presente em todos os principais pontos de exportação, transportando mercadorias por caminhão, barcaça e ferrovia.

 

Na área de grãos e oleaginosas, a COFCO International possui dois terminais portuários, uma planta de esmagamento e 19 armazéns espalhados pelo país.

 

A planta de esmagamento de Rondonópolis está estrategicamente localizada no Estado de Mato Grosso, maior produtor de soja do Brasil. Com acesso direto a Santos por ferrovia e um duto em construção conectando distribuidores de biodiesel nas proximidades, a usina pode processar 1,3 milhão de toneladas de soja por ano e produzir quase 350 mil toneladas por ano de biodiesel.

 

 

PONTO CERTO

A empresa também é uma das cinco maiores comercializadoras de açúcar do mundo, movimentando mais de 6 milhões de toneladas em 2020, com 1,45 milhões de toneladas produzidas em suas quatro usinas no Brasil. Dependendo da demanda global por açúcar e combustível para transporte, as usinas da empresa podem alternar a produção para açúcar ou etanol, que pode ser misturado para a criação de biocombustível.

 

  • Presença consolidada na região Centro-Sul do Brasil
  • 4 usinas com capacidade de moagem de 17 milhões de toneladas de cana-de-açúcar
  • 6000 funcionários dedicados
  • Aumento na moagem em 45% desde 2015

 

Para alimentar suas usinas, a COFCO International mantém parcerias com terceiros para o cultivo de sua própria cana-de-açúcar. Em seguida, planta, trata, colhe e processa a cana para produzir açúcar, etanol e energia. Essas extensas operações a tornam um dos maiores produtores de açúcar e etanol do Brasil.

 

Graças a melhorias na eficiência industrial, produtividade agrícola e constantes investimentos em tecnologia, dados e processos operacionais, a COFCO International tem se mantido competitiva no negócio e ampliado seus investimentos com forte retorno.

 

As usinas de açúcar da COFCO no Brasil produzem açúcar e etanol, que são usados nos mercados local e internacional

 

VALOR AGREGADO: EXPERTISE LOCAL, PERSPECTIVA GLOBAL

A combinação de uma ampla rede local e global com o profundo conhecimento do complexo cenário de commodities do Brasil é vista como um dos pontos fortes da empresa.

 

E com uma reputação de empregador de primeira linha, a COFCO International é capaz de atrair os principais talentos do comércio de commodities do Brasil. Em 2020 foi reconhecida como uma das empresas com o melhor desempenho em gestão de pessoas no Prêmio Valor Carreira, pelo terceiro ano consecutivo.

 

Com raízes na China, a empresa também desempenha um papel fundamental no fortalecimento dos laços entre o Brasil e seu principal mercado de exportação. O Brasil é o parceiro econômico e político mais importante da China na América do Sul e um mercado-chave para a expansão da produção de soja.

 

Os fortes laços da empresa com o mercado chinês, combinados com uma operação local bem estabelecida, fazem da COFCO International um parceiro comercial valioso para os produtores brasileiros.

 

SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO

O Brasil também é onde muitos dos esforços de tecnologia, inovação e sustentabilidade da empresa se originam.

 

A COFCO International vê a rastreabilidade como a chave para o desenvolvimento de cadeias de suprimentos sustentáveis. Por essa razão, a empresa realizou análises de risco e coletou dados de satélite em milhões de hectares de fazendas.

 

A empresa, juntamente com outras traders de commodities, também está ativamente envolvida no Soft Commodities Forum (SCF), onde trabalha para obter cadeias de suprimento de soja transparentes e rastreáveis na região do Cerrado brasileiro.

 

Sua meta ambiciosa de alcançar rastreabilidade total para a produção de soja de origem direta até 2023 é apoiada por um projeto em parceria com a International Finance Corporation (FC), membro do Grupo Banco Mundial.

 

A cooperação se concentra na triagem de fazendas de soja para garantir a conformidade com os principais critérios ambientais e sociais e na capacitação dos agricultores em prol de práticas agrícolas mais sustentáveis.

 

A COFCO International ganhou diversos prêmios em reconhecimento ao seu empréstimo vinculado à sustentabilidade, o maior já feito por uma trader de commodities. Com foco especial na rastreabilidade da soja de origem direta no Brasil, o empréstimo se tornou uma referência no setor por colocar a sustentabilidade no centro dos negócios da empresa.

 

Enquanto a soja continua sendo o foco principal do trabalho de sustentabilidade da COFCO International no País, o café do Brasil também tem visto um aumento nos esforços para reduzir a pegada de carbono, reflorestar terras, apoiar as comunidades locais e também conservar a água.

 

Hoje, o Brasil responde por 40% dos investimentos mundiais da COFCO International. E de seus 11.000 funcionários globais, aproximadamente dois terços estão baseados no País.

 

Com a demanda global acelerada, a COFCO International planeja crescer ainda mais. Olhando com confiança para o futuro, a empresa continuará a investir no Brasil, reforçando ainda mais o seu compromisso e contribuindo para a criação de cadeias de valor sólidas e sustentáveis no País.

 

* Segundo estudo divulgado em 2021 pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).


Mais lidas


  Na manhã desta quarta-feira (18), o Sopesp (Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo) recebeu em sua sede a visita do desembargador federal, Celso Ricardo Peel Furtado, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.   O magistrado foi recebido com um café da manhã pelo presidente da entidade, Régis Prunzel, acompanhado […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais