SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   App inédito desenvolvido na região reduzirá trânsito na Rua do Adubo

App inédito desenvolvido na região reduzirá trânsito na Rua do Adubo


Fonte: A Tribuna (16 de agosto de 2021 )
Leitura de placas e “zonas de calor” balizarão o uso do aplicativo – Foto: Carlos Nogueira

 

A tecnologia, novamente, será arma contra um problema histórico na Rua do Adubo, na Margem Esquerda do Porto, em Guarujá. Um projeto inovador é desenvolvido por um estudante da Faculdade de Tecnologia (Fatec) da Baixada Santista, a partir de um desafio lançado pelo subchefe da unidade regional da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Daniel Alves dos Santos: encontrar uma forma de reduzir o fluxo de caminhões naquela região.

 

Wesley Nascimento Silva, aluno do quinto ciclo de Sistemas para Internet da Fatec, afirma que o projeto consiste na criação um aplicativo (app) que reunirá os dados de entrada e saída dos caminhões nos terminais daquela área. Os dados serão gerados após a leitura por OCR (ferramenta de reconhecimento de caracteres das placas dos veículos), com acesso preciso 24 horas por dia. O app também captará a saída dos veículos dos pátios reguladores em direção ao Porto.

 

<p>“A agência entendeu que deveria fazer um trabalho mais profundo de pesquisa da origem das filas e suas causas, não só fazer autuações nos terminais. Desde o começo do trabalho, identificamos pontos importantes”, como o fato de mais de 40% dos caminhões chegarem fora da janela de agendamento, diz o subchefe.</p>

 

Com base nas informações captadas pelo app, Santos afirma que será possível observar as “zonas de calor e os horários com maior fluxo de caminhões”. A partir desses dados, será possível tomar medidas para aliviar o trânsito local.

 

“Podem-se disparar e-mails sobre aquecimento e geração de filas e, com isso, fazer uma intervenção. O terminal retém mais tempo o caminhão. Hoje, só atuamos em cima do problema instalado. A ideia é fazer uma gestão antecipada”, explica.

 

A Antaq entende que, como consequência dessa ferramenta, vão melhorar os processos de carga e descarga nos terminais e a circulação de veículos na Cidade.

 

Pioneirismo

Daniel Alves dos Santos menciona que ainda não há nenhum sistema semelhante nos portos do País e há interesse em expandir o projeto, assim que finalizado e testado. “Nesta semana (a anterior) fiz uma apresentação (sobre o app) aos colegas de Paranaguá (PR), Itajaí (SC) e Belém (PA). A ideia é que, funcionando, possa ser distribuído.”

 

O professor especialista da disciplina de Algoritmos e Estrutura de Fados, Jorge Luiz Chiara, se mostra satisfeito em observar os alunos participando de forma efetiva de soluções inovadoras e entrando no mercado de trabalho. “É o nosso objetivo proporcionar cada vez mais aos alunos colocação no mercado de trabalho, que é bem competitivo.”

 

Além de Wesley Nascimento Silva, também participarão das etapas de elaboração e automação de recebimento de dados do app os alunos Pedro Luiz Souza Salvino e Karoline Teodoro da Silva.

 

Segurança

O subchefe da unidade regional da Antaq diz que o desafio, agora, é garantir a segurança de dados dos terminais. Ele e Wesley Silva visitaram empresas, que gostaram do projeto e aceitaram compartilhar os dados do sistema OCR, desde que o sigilo de informações seja respeitado — o que ocorrerá, assegura Santos.

 

“Temos um ponto muito importante, que é o sigilo das informações, inclusive para a coleta destes dados. É isso que estamos trabalhando hoje, uma forma de fazer um banco de dados sobre esses veículos (com fluxos de tráfego) flutuantes, para que o app possa extrair (dados) e gerar planilhas”, reitera.


Mais lidas


  Na manhã desta quarta-feira (18), o Sopesp (Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo) recebeu em sua sede a visita do desembargador federal, Celso Ricardo Peel Furtado, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.   O magistrado foi recebido com um café da manhã pelo presidente da entidade, Régis Prunzel, acompanhado […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais