SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Lista de países abertos para brasileiros 

Lista de países abertos para brasileiros 


Fonte: Abril (12 de agosto de 2021 )
Os comprovantes de vacinação, os testes RT-PCR e os formulários de saúde se tornaram quase tão importantes quanto o passaporte nas viagens internacionais. Crédito: Glenn Carstens-Peters/Unsplash

 

Ao longo da pandemia, diversos países impediram a entrada de brasileiros ou pessoas que tenham estado recentemente no Brasil. Aos poucos, essas restrições de viagem estão sendo retiradas e os governos começaram um cauteloso processo de reabertura das fronteiras e retomada dos voos internacionais.

 

Porém, é importante ressaltar que as regras sofrem alterações diariamente. A lista abaixo, em ordem alfabética e dividida por continentes, foi atualizada em 11 de agosto de 2021. Além disso, ao se deparar com um destino aberto, é importante conferir se ele possui voos diretos do Brasil. Caso contrário, é necessário checar ainda como estão as regras no país de conexão.

 

ÁFRICA

África do Sul

É preciso apresentar um formulário de saúde preenchido até dois dias antes da chegada e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes do primeiro embarque.

 

Egito

É preciso apresentar um formulário de saúde preenchido na chegada à imigração e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 96 horas antes da saída do embarque para o Egito.

 

Marrocos

É preciso apresentar comprovante da vacinação completa, formulário de saúde preenchido antes da chegada e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 48 horas antes do embarque. Aqueles que ainda não estiverem vacinados deverão cumprir quarentena de 10 dias em hotel designado pelo governo. Um teste RT-PCR será feito no nono dia de confinamento e o isolamento será necessário até que o resultado negativo seja confirmado.

 

Quênia

É preciso apresentar um formulário de saúde preenchido na chegada à imigração e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 96 horas antes do embarque.

 

Seychelles

É exigido quarentena de 14 dias em uma terceira nação com entrada direta liberada. Além disso, é necessário apresentar resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes do primeiro embarque e solicitar uma autorização de viagem para saúde antes da partida.

 

Tanzânia

É preciso apresentar formulário de saúde preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes do primeiro embarque. Todos estão sujeitos a fazer um novo exame de antígeno na chegada, às custas do próprio passageiro.

 

Tunísia

É preciso apresentar formulário de saúde preenchido pelo menos 24 horas antes da chegada e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes do primeiro embarque. Todos estão sujeitos a fazer um novo exame de antígeno na chegada, às custas do próprio passageiro.

 

AMÉRICA

Antígua e Bermuda

É preciso apresentar um formulário de saúde preenchido na chegada e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo sete dias antes da chegada. Todos estão sujeitos a passar por um exame médico e serem submetidos a quarentena.

 

Argentina

Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Aruba

É obrigatório o seguro-viagem da ilha, apresentar formulário preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR feito entre 12 e 72 horas antes do embarque.

 

Bahamas

É preciso solicitar o Bahamas Travel Health Visa e apresentar resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo cinco dias antes da chegada. Os viajantes que não foram totalmente vacinados com Pfizer, AstraZeneca, Janssen ou Moderna deverão realizar um novo teste no 5º dia de viagem, cujo preço já está incluído no pagamento do Bahamas Travel Health Visa.

 

Barbados

É preciso cumprir quarentena de sete dias em uma acomodação designada pelo governo. Um teste RT-PCR será feito no oitavo dia e o isolamento será necessário até que o resultado negativo seja confirmado. Além disso, é necessário apresentar formulário de saúde preenchido na chegada e resultado negativo para RT-PCR feito no máximo 72 horas antes do embarque. O aplicativo BIMSafe deve ser baixado e usado para rastreamento do viajante nos primeiros sete dias.

 

Belize

É preciso apresentar o QR Code gerado pelo aplicativo Belize Health Travel e reservar uma das acomodações aprovadas pelo governo. Os passageiros que já tiverem sido totalmente vacinados há pelo menos 14 dias com Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Sinopharm ou Sinovac estão isentos de apresentar resultado negativo para a Covid-19. Caso contrário, é necessário um teste RT-PCR realizado no máximo 96 horas antes do embarque ou um teste rápido de antígeno realizado no máximo 48 horas antes do embarque.

 

Bolívia

É preciso cumprir quarentena de 10 dias, apresentar formulário de saúde preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque. Todos deverão realizar um novo teste no 7º dia de viagem, às custas do próprio passageiro, e permanecer em isolamento até que o resultado negativo seja confirmado.

 

Canadá

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a partir de setembro desde que apresentem comprovante de vacinação completa com Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Moderna. A CoronaVac ainda não está na lista de vacinas aceitas pelo país.

 

Chile

Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Colômbia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem um formulário de saúde preenchido na chegada à imigração.

 

Costa Rica

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem o QR Code gerado pelo Pase de Salud, que deve ser preenchido antes do embarque, e comprovante de seguro de viagem com cobertura para Covid-19.

 

Cuba

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que paguem uma taxa sanitária de US$ 30 e apresentem a Declaración de Sanidad del Viajero preenchida e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque. Todos que ainda não foram vacinados devem cumprir quarentena de 10 dias na chegada, sendo que um novo teste será realizado no 5º dia, às custas do próprio viajante, e o isolamento será necessário até que o resultado negativo seja confirmado.

 

Curaçao

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem o Digital Immigration Card e o Passenger Locator Card preenchidos pelo menos 48 horas antes do embarque e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque. Todos deverão realizar um teste de antígeno no 3º dia de viagem.

 

Equador

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que cumpram quarentena de 10 dias e apresentem um formulário de saúde preenchido na imigração e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes da chegada. Os passageiros que já tiverem sido totalmente vacinados com Pfizer, AstraZeneca ou Sinovac estão isentos de apresentar resultado negativo para a Covid-19.

 

Estados Unidos

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que não tenham passado os últimos 14 dias no Brasil, Áustria, Bélgica, China, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irã, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça ou Reino Unido. Além disso, é necessário apresentar um formulário de divulgação e atestado preenchido antes do embarque e resultado negativo para um teste RT-PCR ou de antígeno feito no máximo 72h antes do embarque com destino aos Estados Unidos.

 

Guatemala

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que não tenham passado os últimos 14 dias no Brasil, África do Sul ou Reino Unido e apresentem formulário preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR feito no máximo 72 horas antes da chegada. Os viajantes que já tiverem sido vacinados com AstraZeneca ou Moderna estão isentos de apresentar resultado negativo para a Covid-19. Todos os passageiros estão sujeitos a cumprir quarentena de 10 dias às próprias custas.

 

Jamaica

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que não tenham passado os últimos 14 dias no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Índia, Paraguai, Peru ou Trinidad e Tobago. Além disso, é necessário apresentar uma autorização de viagem e resultado negativo para um teste RT-PCR ou de antígeno feito no máximo 72 horas antes do embarque. Todos os passageiros estão sujeitos a passar por um exame médico e cumprir uma quarentena de 14 dias na chegada.

 

México

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que apresentem o Cuestionario de Identificación de Factores de Riesgo en Viajerosi preenchido na chegada à imigração.

 

Panamá

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentam a Declaración Jurada de Salud preenchida e resultado negativo, em inglês ou espanhol, para um teste RT-PCR ou de antígeno realizado no máximo 72 horas antes dos embarque. Todos os passageiros estão sujeitos a cumprir quarentena de 3 dias, ao final do período um novo teste será feito, se o resultado for positivo o isolamento será prorrogado por mais 14 dias. Aqueles que apresentarem certificado comprovado a vacinação completa estão dispensados de cumprir quarentena.

 

Paraguai

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que não tenham passado os últimos 14 dias no Reino Unido. Além disso, é necessário apresentar o Traveler’s Health Information preenchido até 24 horas antes do embarque e resultado negativo para um teste RT-PCRou de antígeno realizado no máximo 72 horas antes dos embarque. Todos os passageiros vindos do Brasil estão sujeitos a cumprir quarentena de 5 dias.

 

Peru

Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Porto Rico

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que apresentem comprovante de vacinação, formulário Travel Safe preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes dos embarque.

 

República Dominicana

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que apresentem o QR Code gerado pelo Electronic Ticket, que deve ser preenchido antes da chegada e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque. Os viajantes que já tiverem sido vacinados há pelo menos 21 dias são isentos de apresentar o resultado negativo para a Covid-19.

 

Uruguai

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a inicialmente partir de setembro desde que estejam plenamente vacinados e se tiverem propriedades na região. Em seguida, a partir do dia 1º de novembro as fronteiras estarão abertas para turistas plenamente vacinados. As autoridades uruguaias informaram que seguiram exigindo resultado negativo para teste RT-PCR para entrar no país.

 

Venezuela

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que apresentem resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 48 horas antes do embarque. Um segundo teste será administrado na chegada (o pagamento de US$ 60 deve ser feito pelo próprio viajante e em dinheiro).

 

ÁSIA

Camboja

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem resultado negativo, em inglês, para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do primeiro embarque, contratem o seguro da FORTE com pelo menos US$ 50 mil de cobertura e façam um depósito de US$ 2 mil em um banco indicado, para o caso do viajante ter que receber tratamento médico. Todos estão sujeitos a novo teste na chegada e, caso alguém no voo esteja contaminado, todos os demais serão obrigados a cumprir quarentena de 14 dias.

 

China
Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Coreia do Sul

Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Emirados Árabes

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que apresentem resultado negativo, em árabe ou inglês, para um teste RT-PCR realizado em um dos laboratórios aprovados 72 horas antes da chegada e comprovante de contratação de um seguro de saúde com cobertura para Covid-19. Nos desembarques em Dubai, também é necessário criar uma conta no aplicativo DXB Smart e realizar um novo teste na chegada.

 

Índia
Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Indonésia
Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Israel
Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Japão
Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Jordânia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem os formulários Passenger Health Declaration Form e Locator Form preenchidos, resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do primeiro embarque e comprovante de contratação de um seguro de saúde com cobertura para Covid-19. Além disso, é necessário baixar o aplicativo AMAN. Todos terão que fazer um novo teste RT-PCR na chegada, às custas do próprio passageiro.

 

Líbano

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que cumpram quarentena de 4 dias em um hotel aprovado pelo governo, e apresentem o formulário Airport Tracking Registration Form preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 96 horas antes da chegada. Além disso, é necessário baixar o aplicativo CovidLebTrack e realizar um novo teste na chegada ao país. Passageiros totalmente vacinados há pelo menos 15 dias ou com laudo médico atestando recuperação da Covid-19 há no máximo 90 dias estão isentos de apresentar resultado negativo para a doença.

 

Maldivas

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem comprovante de reserva em hotel durante toda a estadia no país, formulário Traveller Health Declaration preenchido 24 horas antes do embarque e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 96 horas antes do primeiro embarque. Caso a viagem até as Maldivas dure mais de 24 horas, é necessário realizar um novo teste.

 

Nepal

Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

Qatar

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem comprovante de vacinação completa há pelo menos duas semanas antes do embarque com Pfizer, AstraZeneca, Janssen ou Moderna, permissão de viagem emitida através do aplicativo Ehteraz e resultado negativo para dois testes RT-PCR: o primeiro realizado no máximo 72 horas antes do embarque e o segundo, na chegada ao Qatar. Além disso, como alguns avisos serão enviados pelo aplicativo, o governo pede que todos os turistas tenham celular com acesso à internet usando SIM cards de operadoras locais, como a Ooredoo e a Vodafone, que podem ser adquiridos na chegada ao país.

 

Tailândia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que cumpram quarentena de 15 dias e apresentem o Certificate of Entry preenchido, resultado negativo, em inglês, para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do primeiro embarque, seguro de viagem com cobertura para Covid-19 de pelo menos US$ 100 mil e comprovante de reserva durante o período de isolamento em um dos hotéis autorizados pelo governo. Além disso, é necessário se cadastrar no aplicativo Thailand Plus usando o número do Certificate of Entry.

 

Vietnã

Brasileiros estão proibidos de entrar no país a turismo.

 

EUROPA

Alemanha
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Áustria
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Bélgica
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Croácia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que apresentem resultado negativo em teste RT-PCR realizado até 48h antes da chegada e preencham os formulários “Enter Croatia Form” (a ser submetido online antes da partida) e “Passenger Locator Form”(a ser apresentado na chegada). Passageiros devem ter acomodação confirmada e estão sujeitos a quarentena obrigatória de 14 dias, que poderá ser reduzida mediante resultado negativo em teste RT-PCR no 7º dia de isolamento

 

Espanha
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Finlândia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem um dos três documentos a seguir: comprovante, em inglês, de vacinação completa há pelo menos 14 dias com Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Sinopharm e CoronaVac; resultado negativo, em inglês, para um teste RT-PCR ou de antígeno realizado no máximo 72 horas antes da chegada; ou laudo médico com diagnóstico positivo para a Covid-19 nos últimos seis meses. Além disso, todos os passageiros deverão passar por um exame médico na chegada ao país.

 

França

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem comprovante de vacinação com a dose única da Janssen há pelo menos 28 dias ou com segunda dose da Pfizer-BioNTech, AstraZeneca, Moderna o Covishield há pelo menos sete dias. A CoronaVac ainda não está na lista de vacinas aceitas pelo país.

 

Grécia
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Hungria
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Irlanda

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que cumpram quarentena de 14 dias em um dos hotéis designados e apresentem resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes da chegada. Estão isentos de fazer isolamento todos os passageiros que já tiverem sido totalmente vacinados com Pfizer-BioNTech há pelo menos 7 dias, com Moderna ou Janssen há pelo menos 14 dias ou com AstraZeneca há pelo menos 15 dias. O mesmo vale para os que comprovem através de laudo médico que se recuperaram da Covid-19 nos últimos 180 dias com laudo médico.

 

Islândia

Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem comprovante de vacinação completa com Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, CoronaVac e Sinopharm e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque.

 

Itália
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Noruega
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Países Baixos
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Portugal
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Reino Unido
Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que não tenham passado os últimos 10 dias no Brasil, Argentina, África do Sul, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Egito, Maldivas, México, Moçambique, Panamá, Paraguai, Peru, Tunísia, Turquia, Trinidad e Tobago, Uruguai ou Venezuela. Eles deverão apresentar um formulário preenchido, resultado negativo, em inglês, francês ou espanhol, para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do embarque e cumprir quarentena de 10 dias em um dos hotéis aprovados pelo governo, período no qual serão administrados outros dois testes.

 

República Tcheca
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Rússia
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Suécia
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Suíça
Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que estejam totalmente vacinados com Pfizer, AstraZeneca, Moderna, Janssen, Coronavac e Sinopharm, sem necessidade de apresentar resultado negativo para um teste RT-PCR ou cumprir quarentena.

 

Turquia
Brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que cheguem em voos vindos de outros países e apresentem Travel Entry Form preenchido e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes da chegada. Todos os brasileiros estão sujeitos a realizar um novo teste após o desembarque e cumprir quarentena de 14 dias.

 

Ucrânia
Brasileiros estão autorizados a entrar no país a turismo desde que apresentem comprovante de vacinação com Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Sinopharm ou Sinovac, r</span><span>esultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes da chegada e contratação de um seguro de saúde com cobertura para Covid-19.

 

OCEANIA

Austrália
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Fiji
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.

 

Nova Zelândia
Brasileiros estão proibidos de entrar no país.


Mais lidas


  Na manhã desta quarta-feira (18), o Sopesp (Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo) recebeu em sua sede a visita do desembargador federal, Celso Ricardo Peel Furtado, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.   O magistrado foi recebido com um café da manhã pelo presidente da entidade, Régis Prunzel, acompanhado […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais