SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   É hora de pensar em soluções mais sustentáveis para o agronegócio

É hora de pensar em soluções mais sustentáveis para o agronegócio


Fonte: Jornal USP (3 de maio de 2021 )
A agricultura está hoje no centro de praticamente todos os debates ambientais importantes, como regulação climática, biodiversidade, alimentação – Foto: Arquivo/Agência Brasil

 

Os desafios relacionados à remodelação dos processos agrícolas, voltados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, serão discutidos no seminário UrbanSus: Sustentabilidade no Agronegócio. O evento, promovido pelo Instituto de Estudos Avançados (IEA), vai acontecer na próxima terça (4) e conta com um painel sobre ética, tecnologia e sustentabilidade no agronegócio, integrando a cidade ao campo.

 

A agricultura está hoje no centro de praticamente todos os debates ambientais importantes, como regulação climática, biodiversidade, alimentação. No Brasil, por exemplo, 80% da produção das áreas agrícolas no Brasil são destinadas a conversores animais — ou seja, não voltadas para consumo humano diretamente.

 

Em entrevista ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição, o professor Gerd Sparovek, do Departamento de Ciências do Solo da Esalq, integrante do painel, conta que isso seria resultado de uma tecnologia que amplia cada vez mais a capacidade produtiva. “Hoje temos cadeias de produção muito pouco eficientes, porque a quantidade de produção é muito grande. Mas a gente pagou um preço muito caro, do ponto de vista ambiental.”

 

Sparovek destaca como essa tecnologia agrícola, impulsionada pela chamada “Revolução Verde”, é ainda muito recente na história milenar da agricultura. “Já está mais do que na hora de a gente revisitar”, conta. Segundo ele, um dos principais problemas nesse jogo é a perda de espaço da sociedade.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais