SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   CDRJ registra crescimento de 37,1% no 1° trimestre

CDRJ registra crescimento de 37,1% no 1° trimestre


Fonte: Agência Porto (22 de abril de 2021 )

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), autoridade portuária responsável pela administração dos Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis, faturou no 1º trimestre de 2021 o total de R$ 223,9 milhões, o que corresponde a 37,1% de crescimento em termos reais em relação ao mesmo período de 2020. O resultado, corrigido pelo IPCA representa o maior faturamento trimestral dos últimos cinco trimestres.

 

Essa marca histórica foi alcançada devido a uma conjugação de fatores, dentre os quais destacam-se: a maior movimentação trimestral registrada nos últimos cinco anos com 14,454 milhões de toneladas; a maior movimentação mensal desde dezembro de 2018 registrada em março de 2021 com 5,761 milhões de toneladas; a dispersão do bom desempenho observado na movimentação de cargas haja vista o fato de que as 5 principais cargas – que detém 92,8% de participação no total movimentado nos portos administrados pela CDRJ – apresentaram variação positiva no 1º trimestre de 2021 em relação ao mesmo período de 2020.

 

O excepcional desempenho operacional, observado no 1º trimestre de 2021, foi positivamente impactado pela sustentação da valorização do minério de ferro em reais, resultado da conjugação da alta do valor da commodity nos mercados internacionais e da contínua apreciação do dólar em relação ao real.

 

Apesar da crise mundial provocada pela pandemia da Covid-19, os portos administrados pela CDRJ continuam em rota de crescimento. No Porto do Rio de Janeiro, a carga conteinerizada foi a principal carga movimentada no 1º trimestre de 2021, registrando uma alta de 5,4% em relação ao mesmo período de 2020. O aumento contribuiu para o crescimento de R$ 1,4 milhão do faturamento do Porto do Rio, se comparado ao primeiro trimestre do ano de 2020.

 

O Porto de Itaguaí apresentou resultados excepcionais e se destacou com o faturamento de R$ 123,2 milhões. Em comparação ao primeiro trimestre de 2020, houve um incremento de R$60,7 milhões no faturamento. Esse aumento é explicado pelo crescimento de 48,8% na movimentação de cargas que teve a alta puxada, principalmente, pela movimentação de minério de ferro. Em relação ao mesmo período de 2020, a movimentação do minério de ferro ficou superior em 56,5% e contribuiu com o acréscimo de R$ 57,7 milhões no faturamento da Companhia.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais