SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Governo suspende imposto de importação de milho e soja até o fim de 2021

Governo suspende imposto de importação de milho e soja até o fim de 2021


Fonte: Valor Econômico (20 de abril de 2021 )

O Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu zerar a Tarifa Externa Comum (TEC) para a importação de milho e soja e derivados de países de fora do Mercosul até o fim deste ano. O objetivo é garantir o abastecimento interno e a competitividade do setor de carnes brasileiro, que encara forte aumento de custos por causa dos elevados preços desses grãos, insumos básicos para a alimentação de aves e suínos.

 

“Estamos analisando diversas maneiras de contribuir para a competitividade do setor de carnes do Brasil em um cenário de pressão de preços, tanto para assegurar um bom desempenho da cadeia quanto o abastecimento doméstico a custos acessíveis”, afirmou ao Valor o secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Flávio Bettarello.

 

De acordo com a decisão, voltam a cair as tarifas de 8% sobre as importações de soja em grão e de milho, de 10% sobre óleo de soja e de 6% sobre farinha e pellets.

 

A isenção entra em vigor sete dias depois da publicação da resolução do Gecex. Ela valerá para a importação de milho em grão e da soja mesmo que triturada, além do óleo, farinha e pellets da oleaginosa. Não foram estabelecidas cotas para as compras. A decisão foi tomada em reunião extraordinária do colegiado realizada hoje.

 

Em outubro do ano passado, a Camex já havia zerado a TEC para a importação de soja e milho. Os prazos se esgotaram em 15 de janeiro para a soja e derivados e em 31 de março para o milho. A expectativa era de que haveria estabilização dos preços externos e que a colheita da safra de verão ajudaria a reequilibrar o mercado, principalmente para o setor da proteína animal, o que não se concretizou.

 

Mesmo com colheitas recordes de soja e milho nesta temporada 2020/21 , os preços internos seguiram em alta em virtude da forte demanda externa e da manutenção da desvalorização do real frente ao dólar.

 

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que representa grandes empresas como BRF e Seara (JBS), comemorou a decisão. A entidade havia pedido a prorrogação da isenção ao Ministério da Agricultura no início do mês.

 

“A gente acha que é uma alternativa importante para acabar com a pressão inflacionária e especulativa que estava acontecendo (no mercado)”, comentou Ricardo Santin, presidente da ABPA.

 

O dirigente vê com bons olhos a expansão do leque de compras da indústria. Segundo ele, as empresas já estão aguardando a chegada de dois navios com cargas de milho da Argentina para os próximos dias e não descartam mais importações – agora também de outros grandes produtores mundiais.

 

Na sexta-feira, o indicador Esalq/BM&FBovespa para a saca de 60 quilos de milho alcançou R$ 97,88, um novo recorde. De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), há vendedores que já pedem valores acima de R$ 100 pela saca.

 

Já o indicador Cepea/Esalq para a saca de 60 quilos de soja negociada no Paraná chegou a quase R$ 178, também um recorde.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais