SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   1ª Live do Santos Export debate privatização do Porto

1ª Live do Santos Export debate privatização do Porto


Fonte: Santaportal (15 de abril de 2021 )
Foto: SOPESP

 

PORTO – Autoridades portuárias e empresários do setor participaram na tarde desta quarta-feira (14) da 1ª Live do Santos Export – O processo de desestatização do Porto de Santos na visão dos arrendatários. A reunião virtual contou com a moderação do Presidente do Conselho do evento, Ricardo Molitzas, e apresentação do presidente da Santos Port Authority (SPA), Fernando Biral, além de debatedores que atuam no segmento portuário.

 

O principal tema do encontro foi a privatização do Porto de Santos. Para o CEO da Santos Brasil, Antônio Carlos Sepulveda, a ideia de o Porto passar a ser gerido pela iniciativa privada é boa, porém ainda é necessário definir quais os pontos de um possível acordo.

 

“A privatização é muito bem-vinda, mas ainda temos que discutir muito sobre o modelo e o que vai ser privatizado? O que (a privatização) vai trazer de benefício como um todo? Acho importante esse debate e que esse processo traga riqueza, para conseguirmos alavancar os investimentos feitos no Porto”, disse Sepulveda.

 

Já o diretor para Assuntos Regulatórios e Institucionais da Rumo, Guilherme Penin, vê como um caminho inevitável a privatização do cais santista. “Por melhor que seja o time que está na gestão pública, você convive com dificuldades de gestão de pessoal. É difícil você colocar a gestão pública no mesmo giro que a iniciativa privada. Então, precisa dessa modernização, esse é o primeiro ponto. O segundo ponto que sou a favor da privatização é que precisamos de investimentos para prover aos terminais a melhor infraestrutura possível para maximizar os resultados. Essa tem que ser a missão do Porto de Santos”, comentou.

 

Para o presidente da SPA, Fernando Biral, a privatização é um modelo natural para dar um upgrade na gestão do Porto de Santos. “Precisamos de uma reestruturação, otimização de resultados e passando a funcionar no azul. É necessário executar um pacote de investimentos que está além da capacidade do governo federal hoje. Somos o único país do mundo em que estatais são dependentes de recursos da União, é um conceito muito longe de Rotterdam (Holanda), Antuérpia (Bélgica) e dos portos da Espanha. Acho que para darmos um salto no Brasil a gente vai ter que buscar recursos na iniciativa privada. Acredito que todo mundo vai ter que buscar a desestatização, não só o Porto de Santos”, afirmou.

 

Sobre os contratos vigentes com os terminais portuários, Biral destacou que a autoridade portuária pretende proteger os acordos durante o processo de privatização. “Sinto que é uma preocupação de todos essa questão da continuidade de contratos e todos os acordos vão ser respeitados. A questão da renovação está sendo discutida pelo consórcio, estão tendo muito cuidado nesse aspecto, para não criar nenhuma condição de desequilíbrio. Vai ter uma disputa eventual, o privado vai querer maximizar o ganho deles, principalmente se tivermos outros interessados na mesma área. Mas isso faz parte do jogo. Vamos criar mecanismos para coibir um abuso, estamos pensando em alternativas para resolver isso, talvez uma negociação antecipada, com preferência para o arrendatário atual. São esses pontos que podem ser trabalhados pela nossa gestão antes de uma privatização”, concluiu.

 

O Sistema Santa Cecília de Comunicação é parceiro do Santos Export e vai fazer uma cobertura completa e exclusiva do fórum que será retomado neste ano.

 

Assista a live completa no nosso canal do youtube:

 


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais