SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Primeiro bimestre de 2021 aponta crescimento de 42% na movimentação de contêineres com carga de importação no Porto de Itajaí

Primeiro bimestre de 2021 aponta crescimento de 42% na movimentação de contêineres com carga de importação no Porto de Itajaí


Fonte: Porto de Itajaí (29 de março de 2021 )

O Porto de Itajaí(berços públicos e APM Terminals) registrou crescimento de 42% na movimentação de contêineres cheios de importação no primeiro bimestre de 2021.

 

Entre janeiro e fevereiro desse ano foram movimentados 36.399 TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés), contra 25.600 TEUs no mesmo período de 2020.

 

Para Héder Cassiano Moritz, Diretor Geral de Operações Logísticas da Superintendência do Porto de Itajaí, esse índice é expressivo, principalmente pela representatividade comercial dessa movimentação.

 

“Nesses dois primeiros meses de 2021 tivemos uma queda na movimentação de contêineres vazios. Embora a reposição desses contêineres seja importante por atender uma necessidade do mercado, o contêiner com carga é o que gera a movimentação econômica, no sentido comercial”.

 

Fábio da Veiga, Superintendente do Porto de Itajaí, ressalta que a importação dá à receita do munícipio uma considerável contribuição, “Além de demonstrar que o porto continua crescendo, o aumento nas importações é um excelente retorno financeiro para a cidade, através do ICMS”.

 

Fábio ressalta ainda que, nesse momento, em que estão sendo feitos investimentos significativos no combate à COVID-19, o retorno para os cofres municipais é muito importante. Ele destaca também a consolidação de Itajaí na recepção de cargas com alto valor agregado, que tornam esse retorno financeiro ainda mais positivo.

 

Itajaí apresentou destaque quanto a participação de 5,1%na corrente de comércio brasileira e 63,6% na corrente de comércio catarinense.

 

Fevereiro é marcado por recorde de movimentação no Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes

No Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes os 140.141 TEUs movimentados em fevereiro de 2021 tornaram-se um novo recorde histórico de movimentação. O número supera o recorde registrado em novembro de 2020, que foi de 139.451 TEUs.

 

No comparativo a fevereiro do ano anterior, em que foram movimentados 107.130 TEUs, os índices indicam crescimento de 31%. Na tonelagem o crescimento foi de 33%, com registro de 1.572.585 toneladas contra 1.178.463 toneladas no mesmo período de 2020.

 

A Portonave também registrou novo recorde histórico. Com movimentação de 100.221 TEUs o Terminal de Uso Privado (TUP) ultrapassou a marca registrada em dezembro de 2020, que foi de 91.972 TEUs.

 

A movimentação do terminal registrou crescimento de 59% nos contêineres e 62% na tonelagem.  A Portonave movimentou 100.221 TEUs e 1.066.422 toneladas em 2021 contra 78.470 TEUS e 664.624 toneladas em fevereiro de 2020.

 

O Porto de Itajaí (berços públicos e APM Terminals) registrou movimentação de 39.920 TEUs e 483.036 toneladas. Os índices indicam queda de 10% nos TEUs e 3% na tonelagem, em relação ao mesmo período do ano passado, em foram movimentados 107.130 TEUs e 1.178.463 toneladas.

 

“Apesar do reabastecimento de contêineres vazios estar associado a logística do armador, a baixa rotatividade, que foi sentida, principalmente, pelo setor das cargas refrigeradas, causa um impacto em nossa movimentação geral”, lembra Heder.

 

O terminal Teporti registrou cinco escalas, com movimentação de 18.127 toneladas e o Poly Terminaisregistrou uma escala com 5.000 toneladas.

 

A exportação foi responsável por 52% do sentido das cargas, sendo frango, carnes e madeiras e derivados os principais produtos. Nas importações, que corresponderam a 48% das cargas movimentadas no complexo, os mecânicos e eletrônicos, produtos químicos, têxteis e diversos foram os principais produtos.

 

“Após concluirmos a gestão anterior durante o quadriênio 2017/2020, vimos o quanto era necessário resgatar a movimentação do porto de Itajaí, e, assim, conseguimos colocar nosso porto no seu devido lugar de destaque do mercado de operações. Agora, temos o compromisso e o desafio de manter toda a pujança que o porto vem oferecendo e isso é resultado do esforço de muitos setores, desde a Superintendência, do arrendatário APM Terminals, dos Trabalhadores Portuários Avulsos (TPAs), o setor empresarial, os motoristas de caminhões que acessam as instalações do porto, ou seja, todos que se esforçam diariamente para manter o porto numa crescente cada vez maior, cujo reflexo também é visível por todo o complexo. Quero enaltecer a garra, a ousadia e toda a determinação que se vem fazendo, com uma grande união de forças, para manter o porto em movimento, nessa crescente, mesmo em meio a essa pandemia que estamos enfrentando”, conclui o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

 

Obs: O relatório completo de estatísticas referente ao mês de fevereiro de 2021 pode ser conferido no link abaixo:

http://www.portoitajai.com.br/novo/estatisticas/225/Estat%C3%ADstica%20de%20Fevereiro%20de%202021


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais