SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Noruega avança com a construção do primeiro túnel de navios do mundo

Noruega avança com a construção do primeiro túnel de navios do mundo


Fonte: Revista Cargo (25 de março de 2021 )

 

A Administração Costeira norueguesa (Kystverket) revelou que vai abrir licitação, no decorrer deste ano, com vista à construção do Stad Ship Tunnel, com 1,7 quilómetros de extensão. A empreitada, de dimensões épicas, será feita em parte da costa oeste da Noruega.

 

Construção do túnel arrancará já em 2022

A construção deste inovador túnel para navios terá início em 2022, com inauguração da infraestrutura a estar prevista para 2025 ou 2026. O túnel permitirá que navios de carga e de passageiros transitem diretamente entre o Mar da Noruega ao norte e o Mar do Norte ao sul, permitindo a passagem segura durante todo o ano. O túnel de 45 metros de altura e 36 metros de largura passará por baixo de uma montanha de 645 metros e terá capacidade para receber navios com calado de 12 metros. A estrutura foi planeada durante mais de um século

 

Noruega prestes a fazer história com construção inédita

A materialização deste projeto escreverá assim um novo capítulo no transporte marítimo – o país nórdico será o primeiro a construir um túnel para navios. Um dos grandes objetivos da construção, autorizada recentemente, é ajudar os navios a navegar no traiçoeiro mar de Stadhavet. A construção da infraestrutura custará cerca de 330 milhões de dólares. “É um projeto planeado há muitas décadas. Portanto, é muito agradável finalmente poder começar as obras”, declarou o gestor de projecto, Terje Andreassen, da Administração Costeira da Noruega, à estação CNN.

 

Segundo explicou o responsável à CNN, os navios que navegam nos arredores de Stadhavet são frequentemente afetados por marés violentas e mau tempo. Neste contexto de insegurança marítima, o futuro túnel para navios será importante para aumentar os índices de segurança na navegação, numa zona em que os furacões e tempestades são ocorrências relativamente regulares, frisou Terje Andreassen.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais