SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Governo e sociedade civil propõem plano de trabalho para ampliar e fortalecer comércio exterior

Governo e sociedade civil propõem plano de trabalho para ampliar e fortalecer comércio exterior


Fonte: Ministério da Economia (25 de março de 2021 )
Medidas discutidas pelo Conselho Consultivo do Setor Privado (Conex) têm foco em estrutura tarifária, agenda regulatória, financiamento às exportações e promoção comercial – Foto: Washington da Costa/ME

 

Conselho Consultivo do Setor Privado (Conex) definiu, nesta quarta-feira (24/3), o Plano de Trabalho 2021-2022, com medidas que reforçam e consolidam o diálogo entre o setor público e privado para apontar caminhos que levam à ampliação e ao fortalecimento da política comercial brasileira. Reunindo governo e entidades representativas, empresários, acadêmicos e entidades de defesa do consumidor, o Conex estabeleceu uma agenda de iniciativas em torno de quatro eixos temáticos: estrutura tarifária, agenda regulatória, financiamento às exportações e promoção comercial.

 

O objetivo central do Conex – criado pela Câmara de Comércio Exterior do Ministério da Economia (Camex/ME) – é recomendar iniciativas focadas na melhoria da política comercial brasileira, identificando oportunidades concretas para o aprimoramento do comércio exterior do país. O plano de trabalho definido estabeleceu 22 pontos relevantes, como resultado de um diálogo aberto, a partir de discussões que se intensificaram em dezembro de 2020 e se aprofundaram no primeiro trimestre deste ano.

 

As iniciativas buscam definir um plano estratégico de estrutura tarifária para a política comercial brasileira, aprimorar o ambiente de negócios no país em relação aos temas regulatórios e de competitividade de comércio exterior; debater medidas para modernizar, fortalecer e preservar o sistema público de financiamento às exportações e investimentos; além de investir em promoção comercial para enfrentar possíveis barreiras e requisitos que dificultem a entrada de produtos brasileiros no mercado de outros países.

 

Durante a reunião – que contou com a participação do Ministério das Relações Exteriores e de representantes de diferentes áreas do Ministério da Economia – o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do ME, Roberto Fendt, agradeceu o comprometimento de todos os conselheiros “nesse plano inovador, que sinaliza o diálogo constante e gera resultados concretos para o desenvolvimento econômico do país, a exemplo do plano de trabalho consolidado nesta data”.

 

A secretária-executiva adjunta da Camex, Ana Paula Repezza, destacou que “o plano de trabalho estruturado representa o resultado de um debate qualificado, em estreita sintonia entre os setores público e privado, que conduz ao aprimoramento do comércio exterior brasileiro”.

 

Saiba mais

O Conex foi criado pela Câmara de Comércio Exterior do Ministério da Economia para envolver o setor privado na elaboração de políticas públicas direcionadas ao comércio exterior e à atração de investimentos diretos, a fim de ampliar a inserção da economia brasileira no mercado internacional.

 

O colegiado é composto por membros da sociedade civil e pelo setor empresarial. Com duas reuniões no ano, o Conex busca aprofundar o debate em torno da maior presença do Brasil na economia global, apresentando elementos e argumentos que cooperem com o governo brasileiro na elaboração de políticas que favoreçam o comércio exterior brasileiro e a atração de investimentos.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais