SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   MInfra padroniza suas competências para fiscalização e desapropriações em ferrovias e rodovias federais

MInfra padroniza suas competências para fiscalização e desapropriações em ferrovias e rodovias federais


Fonte: Ministério da Infraestrutura (18 de março de 2021 )
Governo Federal e concessionárias são responsáveis pelas faixas de domínio e os municípios, pela reserva de faixa não edificável – Foto: Linkedin/Minfra

 

Um despacho do Ministério da Infraestrutura (MInfra) publicado nesta quarta-feira (17), no Diário Oficial da União, padroniza ajustes quanto à competência para fiscalização e desapropriações dentro dos limites da faixa de domínio para ferrovias e rodovias federais e mantém o entendimento de que a responsabilidade pela fiscalização, ampliação ou redução da faixa não edificável é de incumbência do município. Faixa de domínio é toda área associada a uma rodovia, como pistas de rolamento, canteiros, retornos, viadutos, passarelas, acostamentos, sinalização e faixa lateral de segurança, com limites definidos de acordo com cada projeto.

 

Dessa maneira, fica definido que a fiscalização e a alteração dos limites da faixa não edificável são de responsabilidade de cada município. Órgãos vinculados ao Governo Federal ou concessionárias continuam responsáveis pela faixa de domínio, inclusive pelo pagamento de indenização para possíveis desapropriações necessárias à ampliação de infraestrutura e garantia de segurança viária. Já a necessidade de instalação de cercas de segurança ao longo de rodovias e ferrovias fica restrita à avaliação de critérios técnicos referentes a cada projeto.

 

A íntegra do despacho está no link: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/despacho-n-13/2021/gm/minfra-309010172


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais