SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Klabin é a única brasileira em grupo da COP26

Klabin é a única brasileira em grupo da COP26


Fonte: Valor Econômico (16 de março de 2021 )
 (Imagem: LinkedIn/Klabin)

 

Maior fabricante e exportadora de embalagens em papel do país, a Klabin conquistou lugar de honra nos debates em preparação à próxima Conferência Climática da Organização das Nações Unidas, a COP26, que ocorre em novembro. A companhia foi a única brasileira convidada a integrar o grupo formado por dez executivos da iniciativa privada – o COP26 Business Leaders – e é responsável por difundir as metas da economia de baixo carbono na América Latina.

 

Ao mesmo tempo, a Klabin assumiu a missão de engajar empresas e governos no programa global “Race to Zero”, cujo objetivo é zerar as emissões líquidas de gases do efeito estufa até 2050. Para engrossar esse movimento, a companhia lança hoje, Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas, uma campanha para alcançar novas adesões no país à meta de descarbonização.

 

“Queremos que mais pessoas, empresas e governos participem desse debate. Nosso compromisso é trazer toda a sociedade para a discussão”, diz o diretor-geral da Klabin, Cristiano Teixeira. Isso implica atrair também entes públicos às discussões. “A despeito das diferentes agendas, o que está em curso é uma campanha global”, acrescenta. Isso quer dizer, conforme o executivo, que eventuais descumprimentos à legislação ambiental brasileira, que é rigorosa, também devem ser abordados. “O debate deve ser amplo e focar na legislação que é boa e está posta”, afirma.

 

O convite da COP, conta Teixeira, eleito em 2020 presidente do ano no 12º PPI Awards, da Fastmarkets RISI, reconhece os esforços empreendidos pela companhia na área ambiental, muitas vezes pioneiros. A adesão à SBTi (do inglês Science Based Target Initiative), de pautar suas metas relacionadas à redução de emissões pela ciência do clima -, teve peso relevante para esse reconhecimento da COP. Desde o fim do ano passado, o grupo de líderes da iniciativa privada tem encontros periódicos para trocar informações sobre a promoção da agenda ambiental em cada país.

 

Como outras empresas de base florestal, a Klabin tem hoje um estoque líquido elevado de carbono – são 4,7 milhões de toneladas de carbono equivalente -, que no futuro contribuirão para que outras empresas cumpram metas de descarbonização ao mesmo tempo em que trarão ganhos econômicos. Em outras frentes, reduziu em 45%, desde 2004, o consumo específico de água e mais de 90% da energia que consome é de fonte renovável.

 

Neste primeiro momento, os esforços de divulgação do programa global estão voltados a clientes, fornecedores e dez associações com as quais a companhia tem algum relacionamento – são entidades como Empapel (embalagens em papel) e ABRE (de embalagens) até a Câmara Americana de Comércio (Amcham).


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais