SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Empresas privadas poderão comprar vacina contra a covid-19

Empresas privadas poderão comprar vacina contra a covid-19


Fonte: Agência Brasil (3 de março de 2021 )
Projeto foi aprovado na Câmara e segue para sanção presidencial – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

 

Aprovado pela Câmara dos Deputados, segue para sanção presidencial o projeto que autoriza compra de vacinas contra à covid-19 por empresas privadas. 

 

O texto aprovado pelos deputados estabelece que enquanto durar a vacinação dos grupos prioritários, as doses compradas pela iniciativa privada deverão ser integralmente doadas ao SUS, o sistema público de saúde.

 

Vencida essa fase do programa nacional de imunização, o setor privado poderá comprar, distribuir e administrar as vacinas, mas ainda assim terá que doar pelo menos metade das doses adquiridas ao SUS. O restante precisa ser utilizado de forma gratuita e não poderá ser comercializado.

 

O relator do projeto, deputado Igor Timo, do Podemos, defendeu a compra de vacinas por empresas privadas. Mas, a iniciativa não agradou a todos.

 

O deputado Henrique Fontana, do PT,  disse que está receoso, mesmo que a metade da aquisição seja doada ao SUS.

 

O texto aprovado na Câmara também autoriza que a União, estados e municípios comprem vacinas e se responsabilizem por eventuais efeitos colaterais. Mas, os imunizantes precisam ter o registro na Anvisa ou autorização para uso emergencial.

 

Esse trecho  abre caminho para a entrada de novos tipos de vacina no Brasil e resolve, na prática, o impasse da Pfizer e da Sputnik V com o governo federal.

 

O Ministério da Saúde alega que ainda não comprou vacinas desses laboratórios por causa das regras contratuais.

 

Nessa terça-feira, deputados também aprovaram a medida provisória que abre crédito de R$ 2,5 bilhões para o Ministério da Saúde adquirir vacinas.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais