SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Trabalhadores terão direito de circular após às 23h mesmo com restrição do estado; entenda

Trabalhadores terão direito de circular após às 23h mesmo com restrição do estado; entenda


Fonte: Santaportal (26 de fevereiro de 2021 )
Patrícia Nunes/Santa Cecília TV

 

SÃO PAULO – Os trabalhadores que precisarem circular após às 23 horas a partir desta sexta-feira (26) para ir para casa poderão circular normalmente após o horário, definido pelo Governo do Estado de São Paulo como restritivo, para evitar aglomerações e como forma de combate à covid-19.

 

Segundo o Centro de Contingência, a razão das medidas restritivas serem tomadas somente no período noturno têm o motivo de que, durante o dia, as atividades predominantes são de trabalho, e já seguem os protocolos estabelecidos pelo Plano São Paulo.

 

A força-tarefa de fiscalização conta com o apoio das Vigilâncias Sanitárias municipais e do Estado, Polícia Militar e Procon-SP. Os serviços essenciais continuam autorizados a funcionar normalmente durante todo o dia.

 

As pessoas que circularem sem uma justificativa serão orientadas a retornarem para casa após às 23h. O governo estadual afirma que os funcionários de estabelecimentos comerciais que estiverem voltando para casa após o horário limite não serão penalizados. O transporte público funcionará normalmente depois das 23h.

 

Dessa forma, a ideia seria inibir o descumprimento do uso de máscara e distanciamento social em locais que prestam serviços considerados não-essenciais. “A medida apresentada é uma complementação que busca evitar encontros que não são necessários, extremamente prejudiciais para cada indivíduo e para a sociedade como um todo, com um aumento de casos da doença”, destacou Paulo Menezes.

 

Em nota, a Prefeitura de Santos afirma que ainda aguarda a publicação do decreto do Governo do Estado sobre as novas medidas anunciadas nesta quarta-feira (24) para fazer eventuais adequações nas regras municipais de enfretamento à covid-19.

 

Conforme divulgado pelo governo estadual, a fiscalização da restrição de circulação de pessoas será realizada por equipes do Procon e forças policiais da Secretaria de Estado da Segurança Pública, que terão apoio da Guarda Civil Municipal. A Administração também dará apoio às ações da Vigilância Sanitária do Estado.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais