SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Café arábica fecha em queda na ICE após tocar máxima de mais de 1 ano

Café arábica fecha em queda na ICE após tocar máxima de mais de 1 ano


Fonte: Moneytimes (25 de fevereiro de 2021 )
O contrato maio do café arábica fechou em queda de 1,05 centavo de dólar (Imagem: Reuters/Jose Roberto Gomes)

 

Os contratos futuros do café arábica negociados na ICE avançaram nesta quarta-feira para o maior nível em mais de um ano, antes de alguns movimentos de realização de lucros reduzirem os ganhos e levarem a commodity a fechar em baixa.

 

Os futuros do açúcar bruto não tiveram direção comum, com alguns investidores rolando posições no contrato março para o maio antes do vencimento daquele, na sexta-feira.

 

Café

O contrato maio do café arábica fechou em queda de 1,05 centavo de dólar, ou 0,8%, a 1,3725 dólar por libra-peso, após atingir máxima de 1,3960 dólar na sessão, maior nível em mais de um ano.

 

Operadores disseram que o mercado tem sido impulsionado, em parte, pelo tempo mais seco que o normal no Brasil, o que afetou as perspectivas para a próxima safra do maior exportador da commodity no mundo. Além disso, também citaram uma escassez global de contêineres para transporte.

Os estoques certificados pela bolsa seguem em alta, totalizando 1,76 milhão de sacas nesta quarta-feira, com o café do Brasil atingindo 770 mil sacas.

 

A Colômbia deve produzir 6,06 milhões de sacas de 60 kg de café no primeiro semestre deste ano, disse a Federação Nacional de Cafeicultores, ficando abaixo do patamar visto em igual período do ano passado por efeitos climáticos.

 

O café robusta para maio avançou 3 dólares, ou 0,2%, para 1.463 dólares a tonelada, depois de tocar a marca de 1.479 dólares, também o mais alto nível em mais de um ano.

 

Açúcar

O contrato maio do açúcar bruto fechou em alta de 0,16 centavo de dólar, a 17,17 centavos de dólar por libra-peso, avançando em direção à máxima de quase quatro anos, de 17,52 centavos, vista na terça-feira.

 

Operadores destacaram que o contrato março continuou volátil antes de seu vencimento, na sexta-feira, com o prêmio para maio recuando a 1,00 centavo, versus fechamento a 1,31 centavo na sessão anterior.

 

Uma grande entrega é esperada, com os contratos em aberto somando 51.486 lotes em 23 de fevereiro, o que equivale a cerca de 2,6 milhões de toneladas de açúcar, embora novas liquidações de posições sejam esperadas antes do vencimento.

O açúcar branco para maio subiu 2,10 dólares, ou 0,5%, para 480,50 dólares por tonelada.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais