SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Estamos preparados para um novo ciclo de crescimento”, afirma diretor da Hidrovias do Brasil

Estamos preparados para um novo ciclo de crescimento”, afirma diretor da Hidrovias do Brasil


Fonte: Moneytimes (24 de fevereiro de 2021 )
“O fato de termos conseguido alongar o prazo de pagamento, com um custo menor, mostra que o mercado entende que a companhia tem credibilidade”, afirma Kubota (Imagem: Hidrovias do Brasil/Divulgação)

 

Embalada por uma reestruturação de dívida de US$ 500 milhões, a Hidrovias do Brasil (HBSA3) se prepara para embarcar “em um novo ciclo de crescimento”. A afirmação é do Diretor Financeiro da companhia, André Kubota, que conversou por email com o Money Times.

 

A empresa, que levantou R$ 3,4 bilhões em seu IPO (Oferta Pública de Ações, em inglês), é a maior prestadora de serviços de logística hidroviária da América Latina.

 

Ao todo, opera quatro terminais portuários, composta por uma frota de 330 barcaças de carga, quatro lanchas e dois navios de cabotagem, uma das maiores da América do Sul, além de atuar nas principais hidrovias do Brasil – como a hidrovia Tietê-Paraná e o arco Norte, que engloba os rios da bacia do Amazonas.

O plano agora é expandir a atuação no maior porto brasileiro, o Porto de Santos. Em leilão federal ocorrido em 2019, a Hidrovias arrematou por R$ 112,5 milhões o arrendamento da área STS20.

 

“Temos alguns projetos em vista, como a operação plena da área STS20 no porto, com o transporte em plena capacidade de fertilizantes e o início do transporte de sal”, aponta.

 

A previsão é movimentar até 2,5 milhões de toneladas de carga por ano a partir de 2022.

 

Outra grande avenida de crescimento é o próprio transporte hidroviário, modal pouco explorado no Brasil.

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela EPL (Empresa Brasileira de Logística) ligada ao Ministério da Infraestrutura, em 2015 o transporte hidroviário correspondia a apenas 5% dos fretes transportados, enquanto o transporte rodoviário representava 65% e o transporte ferroviário 15%.

 

“Quando olhamos para o mercado de grãos e commodities, por exemplo, esta é uma das melhores soluções tanto na avaliação do custo benefício, quanto nos impactos ao meio ambiente”, diz.

 

Veja a seguir a entrevista completa:


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais