SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   FENOP alerta que a Aplicação das novas tarifas portuárias previstas em Resolução ANTAQ sem debate pode prejudicar o setor

FENOP alerta que a Aplicação das novas tarifas portuárias previstas em Resolução ANTAQ sem debate pode prejudicar o setor


Fonte: FENOP (2 de fevereiro de 2021 )

A Federação Nacional das Operações Portuárias (FENOP) enviou ofício à Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), solicitando que a implantação das novas Tarifas Portuárias previstas na Resolução nº 32 da Agência seja debatida com o setor envolvido. A medida afeta a competitividade dos portos e das instalações portuárias e a nova tabela imposta pela Resolução, modifica as tarifas portuárias de acesso dos navios. Ela define o valor da aplicação de cobrança com base na “tonelagem de porte bruto da embarcação (TPB/DWT), substituindo assim o atual critério vigente, que efetua a cobrança segundo a tonelagem efetivamente movimentada, ou pela quantidade de contêineres ou veículos também efetivamente movimentados.”

 

De acordo com o Presidente da FENOP, Sérgio Aquino, “antes de definir os valores e critérios de cobrança é preciso que sejam debatidos. Quais são as propostas dos portos e quais são os regramentos de aplicação?”, indagou.

 

No documento, a FENOP informa que a cobrança tarifária com base na tonelagem bruta das embarcações é prática mundial, em grande parte dos portos, porém a definição dos valores envolvidos e dos critérios de aplicabilidade busca adequar às características locais e às necessidades de competitividade entre os portos e suas instalações operacionais.

 

A FENOP defende que as regras propostas pela Resolução nº 32 da ANTAQ sejam debatidas nos Conselhos de Autoridades Portuárias (CAPs) de cada porto para que a comunidade local tenha conhecimento da proposta da administração portuária e possa sugerir mudanças conforme suas necessidades e individualidades. Em sequência, a FENOP defende que sejam feitas audiências públicas promovidas pela ANTAQ para os debates finais antes de suas implementações.

 

“A solicitação é que, antes de aplicar a resolução, sejam feitos debates públicos e audiências públicas, com ampla participação de todos os envolvidos, objetivando evitar os previsíveis riscos de prejuízos à competitividade dos portos e das instalações portuárias, em especial quanto aos arrendatários e operadores portuários, que realizaram investimentos nos respectivos portos, considerando as formatações de custos com base nas Tarifas Portuárias vigentes”, informou o documento da FENOP.

 

A FENOP é a entidade do sistema confederativo nacional, com competência para representar o segmento empresarial que investe e realiza as operações nas instalações portuárias previstas na legislação e defende o diálogo e ponderação.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais