SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Exportações do Japão têm em dezembro primeira alta anual em dois anos

Exportações do Japão têm em dezembro primeira alta anual em dois anos


Fonte: Moneytimes (21 de janeiro de 2021 )
Dados do Ministério das Finanças nesta quinta-feira mostraram que as exportações do Japão aumentaram 2,0% em dezembro na comparação com o ano anterior (Imagem: Pixabay)

 

As exportações do Japão aumentaram pela primeira vez em dois anos em dezembro diante dos embarques para a China, mostraram dados do governo, oferecendo alguma esperança para as autoridades que contam com a recuperação liderada pelas exportações em meio ao ressurgimento do coronavírus.

 

A recuperação nas exportações pode diminuir o risco de uma recessão de duplo mergulho. Nesta quinta-feira o banco central do Japão deixou inalterada sua política monetária e melhorou a projeção econômica para o próximo ano fiscal.

 

Dados do Ministério das Finanças nesta quinta-feira mostraram que as exportações do Japão aumentaram 2,0% em dezembro na comparação com o ano anterior, contra expectativa de 2,4% em pesquisa da Reuters e após recuo de 4,2% no mês anterior.

Esse foi o primeiro aumento anual desde novembro de 2018.

Entretanto, em um sinal de preocupação, as exportações de carros caíram 4,2% no ano até dezembro, com os embarques para a União Europeia despencando 32,2%.

 

A queda acontece no momento em que montadoras como Toyota Motor Corp Nissan Motor Co Ltd devem cortar a produção de veículos neste mês devido à falta de semicondutores, conforme a demanda se recupera da crise do coronavírus.

 

Para todo o ano de 2020, as exportações de carros do Japão caíram 20%, maior queda desde que os embarques caíram em mais da metade durante a crise financeira global de 2009. Essa foi a principal influência para a queda de 11,1% das exportações no ano, mostraram os dados.

 

As importações caíram 11,6% no ano até dezembro, em linha com a expectativa, levando a um superávit comercial de 751 bilhões de ienes (7,25 bilhões de dólares).


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais