SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Controladora da Louis Dreyfus renegocia dívida de US$ 450 milhões

Controladora da Louis Dreyfus renegocia dívida de US$ 450 milhões


Fonte: Valor Econômico (7 de janeiro de 2021 )
Margarita Louis-Dreyfus, controladora da Louis Dreyfus Commodities (Foto: Xavier Laine/Getty Images)

 

A principal acionista da Louis Dreyfus Company (LDC), Margarita Louis-Dreyfus, renegociou prazos para o pagamento de um empréstimo de cerca de US$ 450 milhões que obteve junto ao Credit Suisse, que deveria ter ocorrido ao final de 2020, relatou a agência Reuters.

 

Margarita, que controla a companhia de 170 anos de história por meio do fundo Akira, emprestou US$ 1 bilhão do Credit Suisse no início de 2019, com o objetivo de comprar fatias minoritárias de familiares da família Louis-Dreyfus na empresa.

 

O fardo representado pela dívida levou a executiva a buscar novos investidores para a empresa, em um movimento que culminou com um acordo anunciado em novembro para a venda de uma fatia de 45% da LDC para o fundo de investimentos ADQ, de Abu Dhabi.

 

Posteriormente, Margarita disse à revista suíça “Bilanz” que usaria parte do valor obtido com o negócio para quitar sua dívida com o Credit Suisse.

 

Em 21 de dezembro, uma parcela de US$ 300 milhões da dívida, que venceria em 2020, teve prazo de vencimento alterado para 30 de novembro de 2021, segundo a múlti.

 

Em 10 de novembro, um dia antes do anúncio do acordo com o ADQ, uma linha de US$ 145,6 milhões com vencimento em 2020 também foi prorrogada – agora, US$ 45,6 milhões terão de ser pagos até 30 de novembro de 2021, e os US$ 100 milhões restantes até 10 de novembro de 2025.

 

Com a renegociação, o Akira terá de pagar ao Credit Suisse cerca de US$ 350 milhões até o final de novembro deste ano, além de parcelas de uma linha de US$ 200 milhões que venceriam de 2021 a 2024, afirmou a Reuters.

 

Em maio de 2020, o Akira pagou US$ 200 milhões ao Credit Suisse, acrescentou a Reuters.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais