SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Governo atende pedido da CNI e prorroga contrato para seguro de crédito às exportações

Governo atende pedido da CNI e prorroga contrato para seguro de crédito às exportações


Fonte: Agência de Notícias CNI (5 de janeiro de 2021 )
Em carta ao presidente da CNI, a Casa Civil informou que estendeu até 30 de junho o contrato com a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias

 

O governo federal atendeu ao pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e prorrogou o contrato do Ministério da Economia com a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF), hoje operador do Seguro de Crédito à Exportação (SCE). O prazo foi estendido até 30 de junho de 2021.

 

Em carta encaminhada à CNI, a Casa Civil informou que a prorrogação do contrato busca “evitar algum tipo de descontinuidade do seguro enquanto não se conclui a estruturação do novo sistema de apoio oficial à exportação concedido pela União”.

 

Prorrogação evita prejuízos às exportações

Em 2 de dezembro de 2020, o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, e 21 associações setoriais enviaram carta a várias autoridades do governo solicitando a imediata renovação do contrato de prestação de serviços da ABGF com o governo federal, de forma a evitar prejuízos ao financiamento à exportação. O contrato estava previsto para terminar em 30 de dezembro.

 

A indústria brasileira ressaltou que a agência é responsável por complexas atividades relacionadas ao seguro, inclusive análise, acompanhamento e gestão das operações de prestação de garantia e de recuperação de créditos. Essas atividades são fundamentais para a análise de risco-país e da operação, requisito para a aprovação do crédito pelo Comitê de Financiamento e Garantia das Exportações (Cofig).

 

Para a indústria, em um momento como o atual, de crise desencadeada pela pandemia de Covid-19, a manutenção das atividades da ABGF se torna ainda mais importantes para a continuidade das exportações de bens de alto valor agregado.

 

Cabe destacar que os serviços desempenhados pela ABGF são absolutamente específicos e não estão disponíveis prontamente no mercado, seja via bancos públicos, seja via privados. Dos países que dispõem de mecanismos de crédito oficial às exportações, 83% possuem agência específica para a gestão de garantias.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais