SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Camex prorroga tarifa zero de importação de itens usados no combate à pandemia

Camex prorroga tarifa zero de importação de itens usados no combate à pandemia


Fonte: Valor Econômico (4 de janeiro de 2021 )
A redução das alíquotas terminaria em 31 de dezembro, mas foi prorrogada até 30 de junho de 2021 para 298 produtos, como medicamentos, testes para detecção do vírus e vacinas – Foto: Pixabay

 

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) prorrogou a vigência da resolução que reduziu a zero a alíquota do Imposto de Importação para produtos considerados essenciais ao enfrentamento da pandemia de covid-19.

 

A redução das alíquotas terminaria em 31 de dezembro, mas foi prorrogada até 30 de junho de 2021 para 298 produtos, abrangendo medicamentos e insumos, testes para detecção do vírus e vacinas. A prorrogação foi aprovada em reunião virtual do Comitê Executivo de Gestão da Camex (Gecex) em 18 de dezembro e publicada nesta terça-feira (29) no “Diário Oficial da União” (DOU).

 

De acordo com o Ministério da Economia, o objetivo da medida é “aumentar a oferta de medicamentos, bem como insumos para a produção nacional de bens destinados a combater a pandemia, diminuindo os custos para a fabricação desses bens no país e aumentando a sua disponibilidade para o sistema de saúde”.

 

A resolução também determina que os órgãos e entidades da administração pública federal que exerçam atividades de licenciamento, controle ou fiscalização de importações desses itens adotem tratamento prioritário para a liberação das mercadorias.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais