SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Greve de trabalhadores portuários na Argentina pode durar até semana que vem

Greve de trabalhadores portuários na Argentina pode durar até semana que vem


Fonte: Valor Econômico (17 de dezembro de 2020 )

A greve dos trabalhadores portuários da Argentina, que já dura duas semanas, poderá ser estendida até pelo menos a semana que vem, disse Daniel Yofra, secretário-geral do sindicato dos processadores de soja do país à consultoria Agricensus.

 

A paralisação dos trabalhadores é por aumento de salários e benefícios durante a pandemia. Ao todo, 22 portos argentinos continuam com as atividades paralisadas.

 

“Acredito que as greves vão continuar. As empresas estão muito relutantes em chegar a um acordo levando em consideração nossas demandas. Por isso, não prevemos uma solução para este conflito pelo menos até a próxima semana ”, afirmou Yofra.

 

Fontes do setor industrial também disseram que o conflito que está efetivamente paralisando as atividades de esmagamento e as exportações de grãos pode continuar até a próxima semana. A estimativa é que cada dia de paralisação cause prejuízos da casa de US$ 100 milhões ao setor.

 

Em comunicado, a Câmara da Indústria de Oleaginosas da República Argentina (Ciara) disse que os sindicatos apresentaram reivindicações salariais ainda maiores que as anteriores.


Mais lidas


  Na última sexta-feira (08) o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) recebeu, na sua sede, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Mario Povia.   Essa foi à primeira visita do secretário a entidade desde que assumiu a pasta, em maio deste ano, e […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais