SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Ecoporto amplia capacidade de armazenagem em 40% com projeto Combilift

Ecoporto amplia capacidade de armazenagem em 40% com projeto Combilift


Fonte: Guia Marítimo (16 de dezembro de 2020 )
Com novo conceito de movimentação, empresa obteve ganho de espaço e não precisou investir em novo armazém em Santos. Empilhadeiras articuladas também promoveram melhoria na segurança e redução de custos com manutenção

O operador logístico multipropósito e portuário Ecoporto acaba de reformular um de seus armazéns localizado em Santos, Baixada Santista, após enfrentar o dilema de ter ocupação próxima a 90% e ter que ir ao mercado para obter mais área de armazenagem. Em projeto elaborado pela Combilift, líder mundial em soluções customizadas de movimentação de materiais, a empresa adquiriu três empilhadeiras articuladas Combi AM e promoveu uma reorganização das estruturas porta paletes do armazém, o que resultou em um incremento de 40% na capacidade de armazenagem.

 

 

“O índice de ocupação de 90%, olhando do ponto de vista da movimentação de paletes, não é saudável, devido aos desdobramentos que gera como a falta de produtividade e não poder assimilar novas operações por falta de espaço”, diz Robson Bissani, gerente de Operações do Ecoporto.

 

Após um período de avaliação das tecnologias existentes no mercado que permitiriam a solução do impasse, a equipe de Operações do Ecoporto realizou visitas técnicas a empresas que utilizam a empilhadeira articulada Combi AM em suas operações, com objetivo de avaliar seu desempenho. Observou-se, então, que o equipamento proporcionava um novo conceito de movimentação com ganho de espaço de armazenagem, mobilidade e, consequentemente, redução de custos da operação.

 

“O mercado de operadores logísticos apresenta uma forte concorrência, os clientes precisam reduzir seus custos logísticos e buscamos soluções inovadoras, de excelência e cada vez mais customizadas para sua operação. O que levou à nossa decisão pela empilhadeira articulada foi a solução tecnológica aliada ao custo-benefício”, explica Bissani. As empilhadeiras articuladas entraram em operação em dezembro de 2019.

 

De acordo com o profissional, a inovação é encarada como essencial e estratégica pelo Ecoporto em todos os níveis de processos da empresa, como meio de manter a competitividade no mercado e poder lançar produtos e serviços. E a movimentação de materiais é um ponto crítico, em que é necessária uma solução que permite flexibilidade na operação, garante segurança e otimiza o espaço no armazém, que no caso do operador logístico foi de 40%.

 

“A Combilift apresenta soluções que atendem demandas não vislumbradas por outras empresas do segmento e entendemos que as empilhadeiras articuladas trouxeram ganhos em todas as esferas de nossa operação. Para conseguir inovar é preciso correr riscos, principalmente quando se trata de inovações disruptivas, e o importante é saber avaliar quais ganhos pode-se trazer aos negócios”, finaliza Bissani.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais