SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Minério é commodity com melhor desempenho guiado por China

Minério é commodity com melhor desempenho guiado por China


Fonte: Moneytimes (10 de dezembro de 2020 )
Os contratos futuros em Cingapura subiram quase 70% desde janeiro e atingiram a maior cotação desde o início das negociações em 2013 (Imagem: Reuters/Muyu Xu)

 

A forte demanda na China, maior motor de crescimento do mundo, pode provocar escassez de minério de ferro, que mostra o melhor desempenho entre as principais commodities neste ano e cujos preços chegaram a ultrapassar US$ 150 a tonelada.

 

Os contratos futuros em Cingapura subiram quase 70% desde janeiro e atingiram a maior cotação desde o início das negociações em 2013, impulsionados pela recuperação guiada pelo estímulo da China que acelera a produção e o consumo de aço.

 

O rali ganhou ainda mais força depois que a Vale (VALE3) cortou a estimativa de produção anual na semana passada. Ao mesmo tempo, o primeiro trimestre deve trazer mais riscos de interrupções causadas pelo clima para produtores do hemisfério sul.

 

No centro do rali está a posição da China como a única grande economia a registrar recuperação sustentada e forte depois da crise causada pela pandemia neste ano, com o investimento em infraestrutura como pilar fundamental do crescimento.

Esse cenário eleva a demanda e os preços do aço e incentiva a China, maior fornecedora mundial, a aumentar a produção mesmo com maiores dos custos dos insumos.

 

Também leva compradores chineses a pedirem intervenção, enquanto ações das produtoras australianas BHP e Rio Tinto disparam. Alguns observadores do mercado também começam a alertar que a valorização dos preços vai além do que é justificado pelos fundamentos.

 

“O mercado está em desequilíbrio agora – os investidores estão negociando metais industriais como o minério de ferro como uma aposta especulativa sobre o desempenho da economia da China”, disse Atilla Widnell, cofundador da Navigate Commodities. “Não há como o minério de ferro valer US$ 150 com base nos fundamentos de oferta e demanda.”

 

Morgan Stanley disse que os preços parecem cada vez mais sobrecomprados, embora projete déficit. Já o Goldman Sachs destacou potencial para mais ganhos em meio à falta do insumo.

 

O Australia & New Zealand Banking alertou que a desaceleração da produção de aço pode abrir caminho para uma demanda menor por minério de ferro, mesmo com a previsão de mercado apertado no próximo ano.

 

Os futuros chegaram a subir 5,5%, para US$ 154,68 a tonelada na Bolsa de Cingapura, antes de serem negociados a US$ 153,60.

 

Os preços spot de referência foram cotados a US$ 150,15 na quarta-feira, o maior nível desde 2013, quando o forte crescimento chinês elevou a demanda por minério de ferro, embora ainda mais de US$ 40 abaixo do recorde alcançado em 2010.

 

Problemas de oferta

Goldman Sachs disse nesta semana que espera déficit “substancial” no próximo ano, com demanda resiliente e oferta restrita sustentando a alta dos preços.

 

O Morgan Stanley prevê que o primeiro semestre de 2021 será particularmente apertado, o que deve manter os preços acima de US$ 100 a tonelada.

 

Do lado da oferta, em novembro os embarques do Brasil caíram para menos de 30 milhões de toneladas pela primeira vez desde maio.

 

O guidance de produção mais baixo da Vale para 2020 mostra que mineradora ainda enfrenta obstáculos para recuperar capacidade após o rompimento da barragem de Brumadinho no ano passado. Além disso, a empresa disse que adotou uma abordagem conservadora para 2021.

 


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais